Páginas

domingo, 28 de agosto de 2016

Poupatempo é inaugurado em Tupã

 
  O governador Geraldo Alckmin inaugurou neste sábado, 27 de agosto, mais uma unidade do programa Poupatempo (foto), na cidade de Tupã, com um população de 68.402 habitantes (censo de 2010). tendo como prefeito Manoel Ferreira de Souza Gaspar (PMDB)> Com investimento de R$ 2,5milhões, o posto tem 736 m² mais um pátio de 380 m² para emplacamento de veículos. A capacidade é de 1,2 mil atendimentos prestados por dia.
A unidade beneficia uma população de... cerca de 200 mil pessoas, com os serviços do Instituto de Identificação (IIRGD), do Detran-SP, e-poupatempo (serviços públicos online), além de um correspondente bancário para pagamento de taxas referentes aos serviços prestados no local. Além dos moradores de Tupã, o posto vai beneficiar as cidades de Arco Íris, João Ramalho, Luiziânia, Quatá, Queiroz, Santópolis do Aguapeí, Quintana, Herculândia, Sagres, Inúbia Paulista, Iacri, Bastos, Parapuã, Rinópolis, Osvaldo Cruz e Salmourão.
 
E Jales heim? Com uma população regional de mais 150 mil habitantes não consegue ter o seu Poupatempo, cuja população de Jales e região é obrigada a se dirigir a Fernandópolis em busca de um atendimento rápido e eficaz. Lamentável. E olha que o nosso prefeito é do partido do governador do Estado, Geraldo Alckmin.
 

sábado, 27 de agosto de 2016

Comemoração em dose dupla



Na próxima semana a funcionária pública e comerciante Márcia Cristina e seu esposo Luis Fernando Juliano, festejam os aniversários. Ela na quinta-feira, 1° de setembro, receberá os parabéns, e na sexta-feira, 2 de setembro, será comemorado o niver de Luís Fernando. Vão receber os cumprimentos de amigos e familiares pela data e também dos filhos que estão lhes dedicando a linda mensagem:- "Parabéns Mamãe Parabéns Papai estamos muito felizes por vocês terem conquistado mais um ano de vida. Feliz aniversario Papai e Mamãe Saiba que aqui dentro de nós Expedito e Davi tem um coraçãozinho cheio de amor para oferecer a vocês dois".

Aniversariante


De tradicional família de bochófilos, Gilberto Aielo que nesta sexta-feira, 26 de agosto, festejou seu aniversário, tenta manter a tradição. Funcionário da Sabesp, Gilberto recebeu os parabéns da esposa Valdira, das filhas Denise, Ludimila e Patricia, de amigos, familiares, como também de colegas de trabalho.

Empreendimento no Amazonas

 
O casal Amarilda e Paulo Antonio Marcondes Alves (foto), atualmente em Mirassol d`Oeste, está preparando viagem de 30 dias ao estado do Amazonas neste mês de setembro. Eles não só vão curtir férias de lazer como também vão a negócios. Paulo Antonio pretende comprar uma área de terra produtiva naquele Estado.

O pecuarista Paulo Antonio, filho do esportista Nilton Mario Pavan, completa neste dia 1° de setembro, mais um aniversário. Muito querido por todos, certamente irá receber muitas felicitações de familiares e amigos.

Cabeleireiro Tony, do Lar, é o sorteado com o Fusca


 
No dia 13 de agosto foi realizado o sorteio de mais um Fusca da campanha "Ah! Se eu ganhasse esse Fusca!" que o Lar dos Velhinhos de Jales promove há oito anos.

Portanto (ver quadro), seguindo a regra da Campanha onde o cupom sorteado é aquele da junção dos últimos números do 1º ao 5º prêmio da Loteria Federal, o cupom premiado foi o de nº 19.963.

O portador do cupom com o número sorteado é Ananias Antonio da Silva, cabeleireiro conhecido como Tony Hair cabeleireiro (barbeiro) do Lar dos Velhinhos e adquiriu 10 cupons.

Segundo dirigentes do Lar dos Velhinhos, ainda não foi fechado totalmente o balanço das vendas, em virtude de alguns talões enviados para outras cidades da região e ainda não foram devolvidos.

Previamente, segundo os dirigentes do Lar, foram vendidos praticamente 24.000 cupons (96%) gerando uma receita de R$ 60.000,00 para o caixa e manutenção direta da entidade.

A direção do Lar dos Velhinhos agradece todos os parceiros e voluntários que ajudaram nas vendas dos milhares cupons confeccionados e também a toda a população de Jales e região que adquiriram os cupons, "nos ajudaram na obtenção da renda citada e no sucesso de mais esta promoção do Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo de Jales".

Novidade para o show do Rionegro e Solimões é anunciado pela Santa Casa

 
Em virtude da procura pelo show da dupla Rionegro e Solimões, o setor de Captação de Recursos resolveu inovar o formato, facilitando a participação de todo o público.

Diante disso, está sendo oferecido aos fãs da dupla um novo espaço, chamado de lounge, que terá uma estrutura sofisticada e agradável dentro do salão. Os interessados pagarão apenas R$ 100,00 em até cinco vezes no cartão, e terá direito a petiscos e bebida a vontade, porém, não terá direito ao jantar e o acesso das mesas.

"A procura está sendo expressiva, porém, ainda esbarramos com o atual momento financeiro. Logo, pensando na maior comodidade e abrangência do público, resolvemos revigorar e modernizar o nosso evento, assim, quem desejar optar pelo lounge poderá curtir da mesma forma", relatou Luciana Vicente, gerente de Captação de Recursos.

Para o provedor em exercício, Junior Ferreira, essa é mais uma opção para as pessoas que desejam participar e contribuir com a Santa Casa. "O importante é oferecermos oportunidade para todos comparecerem ao evento e a dupla Rionegro e Solimões estará dando um show de solidariedade, afinal, doaram parte do seu cachê para ajudar a nossa Santa Casa. Será um belíssimo evento em benefício da instituição".

A dupla se apresentará no dia 20 de outubro, no Villa Rocca. Os interessados em adquirir o lounge ou mesa deverão entrar em contato no setor de Captação de Recursos e falar com a Luciana ou Cristiane. Os convites serão limitados. Quanto aqueles que já adquiriram a mesa, evidencia-se que não houve alteração. (por Caroline Guzzo).

Hospital de Câncer de Barretos promove Encontro de Coordenadores de Leilão da região de Jales




 
Durante todo o ano dezenas de leilões são realizados nos municípios do interior do estado visando arrecadar recursos para a manutenção do Hospital de Câncer de Barretos bem como as outras unidades espalhadas pelo Brasil. Tais eventos são organizados voluntariamente e no sábado,13 de agosto, o Gerente de Captação de Recursos de Barretos, Luiz Antônio Zardini esteve em Jales, para receber esses parceiros que tanto ajudam quem precisa de amparo.

O evento reuniu cerca de 100 coordenadores de leilão que participaram do Encontro, e teve como objetivo discutir sobre vários aspectos dos trabalhos que são desenvolvidos por eles, tirando dúvidas quanto a questões técnicas e funcionais na realização desses eventos.

Na oportunidade também, puderam trocar experiências com parceiros de outros municípios. "É muito importante essa troca de experiência, pois é possível pontuar onde estamos errando e acertando, além de trocar soluções para os problemas rotineiros.", afirmou Zardini.

O encontro foi muito produtivo e como forma de agradecimento pela presença e participação de todos foi servido um delicioso almoço.

AVCC realiza sorteio de uma moto e um carro - Ainda dá tempo de participar da "Ação entre amigos" que irá sortear uma moto e um fusca, realizado pela AVCC – Associação de Voluntários no Combate ao Câncer de Jales em prol do Hospital de Câncer de Barretos – Unidade III em Jales.

Para concorrer, os participantes deverão comprar os cupons na sede da AVCC, no bazar ou diretamente na Captação de Recursos do Hospital. Cada cupom custa apenas R$ 5,00 e toda a renda será revertida em beneficio da entidade.

O fusca preto foi doado pelos Voluntários do Bem de Palmeira D’oeste e a moto doado por Massey Ferguson pelo grupo Arakaki. A presidente da AVCC Cidinha Iglesias agradece ao apoio dos parceiros e ressalta a importância desse envolvimento. "Essas ações do bem só são possíveis quando temos parceiros que ajudam e contribuem muito para salvar milhares de pessoas todos os dias que sofrem com essa doença terrível, que é o câncer. É muito importante que cada um contribua um pouquinho e assim nós conseguimos fazer a diferença na sociedade em que vivemos", afirma a presidente.

O sorteio vai acontecer no dia 16 de dezembro, às 9 horas, na Unidade do Hospital de Câncer de Barretos em Jales.

Para mais informações, o telefone da AVCC é o (17) 3621-1507 ou diretamente na sede, que fica localizada anexa a unidade do Hospital de Câncer de Jales, na Av. Francisco Jalles, 3737 – Fundo Vila Maria.

NASF-2 de Urânia realiza projeto “Medida Certa” nas escolas públicas



 
A equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família - NASF-2 Urânia, esteve realizando neste mês de agosto, o Projeto "Medida Certa" com crianças de 7 a 12 anos nas escolas de ensino Fundamental E.E. Profª Élide Apparecida Carlos e E.E. "José Teixeira do Amaral".
O nutricionista Eduardo Zucatto esteve com os integrantes do NASF fazendo a pesagem e aferição de medidas para cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC) classificando as crianças entre magreza grave, magreza, eutrofia, sobrepeso, obesidade e obesidade grave. O objetivo do projeto é prevenir possíveis doenças crônicas e obesidade na adolescência e vida adulta.

Após o trabalho de classificação, os profissionais estarão realizados orientações às crianças na própria instituição sobre uma melhor alimentação e a prática do exercício físico. As crianças que estiverem classificadas em magreza grave, magreza, obesidade e obesidade grave, será solicitado aos pais para comparecerem a uma reunião a ser marcada, onde o nutricionista fará recomendações específicas aos casos.

A Prefeitura de Urânia e Secretaria Municipal de Saúde agradecem aos diretores das escolas do município e a população em geral pela participação e apoio aos projetos. O nutricionista Eduardo Zucatto acrescenta que é na infância que se formam os conhecimentos que serão levados para a vida toda. "Cuidar e ensinar a alimentação correta nesta fase da vida é fundamental para a promoção da saúde a longo prazo, tornando as crianças futuros adultos saudáveis e conscientes, também servindo para reeducar a alimentação de toda a família, pois o que se aprende na escola é de extrema importância para o desenvolvimento biopsicossocial", disse.

Uso de cheque não está ultrapassado

Dora Ramos

A quantidade de cheques utilizados caiu quase 80% nos últimos 20 anos em nosso país, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), e "apenas" 672 milhões de folhas foram compensadas em 2015. Apesar de o cenário ser decrescente, os talões de papel ainda encontram espaço em um universo dominado por cartões de crédito e até por compras on-line.

Essa queda na utilização é natural, pois hoje temos muito mais opções de pagamento que há 20 anos, mas as folhas ainda têm grande utilidade, principalmente, em cidades do interior e para pagamentos parcelados.

Um dos fatores que limita o uso do documento é a falta de praticidade, pois é muito mais prático usar o cartão, em que você apenas digita a senha e, pronto, seu pagamento está finalizado. O cheque, você precisa assinar, conferir todas as informações e, às vezes, pode ter o trabalho de ir ao banco posteriormente, caso exista algum dado divergente.

No entanto, a agilidade de outros meios de pagamento não compete com uma forte característica do cheque: a possibilidade de negociar descontos. Os estabelecimentos pagam taxas altas quando fazem vendas e recebem via cartão, principalmente de crédito. Com isso, ao aceitar cheques, conseguem baixar o preço e ainda têm uma boa margem de lucro.

Deixo abaixo três dicas importantes para continuar usando cheques com segurança e aproveitar as suas vantagens.

1 – Anote sempre o valor, a data e para quem o cheque foi emitido. Procure criar uma planilha para esse fim e evite se perder com as compensações dos documentos.

2 – Negocie. Quando o estabelecimento oferecer a opção, não deixe de pedir um desconto. Muito provavelmente, você vai conseguir melhorar o valor final da compra.

3 – Procure deixar a data do cheque bem enfatizada. Se possível, faça uma anotação no pedido ou nota de compra, reforçando que o documento seja depositado impreterivelmente no dia indicado. Não é raro que o cheque seja compensado dias e até semanas antes ou depois da data correta. Isso acaba prejudicando o planejamento financeiro e pode até causar buracos no orçamento.

Dora Ramos é educadora financeira e diretora da Fharos Contabilidade & Gestão Empresarial - www.fharos.com.br

Economia paulista cresceu 0,2% entre o 1º e o 2º trimestres

De acordo com a Fundação Seade, o Produto Interno Bruto – PIB do Estado de São Paulo avançou 0,9% entre maio e junho de 2016, na série livre de efeitos sazonais, retomando a sequência de taxas positivas interrompida no mês anterior. O resultado foi influenciado pelo crescimento na indústria (2,4%), nos serviços (0,6%) e na agropecuária (1,6%).

Entre o 1º e o 2º trimestres, a economia paulista apresentou crescimento de 0,2%, resultado decorrente do aumento de 3,8% da indústria – primeiro índice positivo nessa base de comparação após dez trimestres de quedas consecutivas –, uma vez que os serviços e a agropecuária registraram recuo (-0,3% e -3,2%, respectivamente).

O PIB paulista foi estimado em R$ 480,8 bilhões, no 2º trimestre do ano, sendo R$ 402,9 bilhões referentes ao Valor Adicionado e R$ 77,9 bilhões aos Impostos sobre Produtos, Líquidos de Subsídios.

1º Congresso de Missão: Tempo de Despertar

 
Lembrando que, acontecerá nos dias 16, 17 e 18 de setembro, no Centro Cultural Dr. Edilio Ridolfo (Teatro Municipal) o 1º Congresso de Missão: Tempo de Despertar.

Segundo o diácono Elias Souza de Lima, coordenador do evento, o tema do Congresso estará voltado para Salvação, Arrependimento, Perdão, Obediência e Avivamento Espiritual. Todos os dias haverá adoração, louvor e mensagem com preletores e preletoras e cantores convidados.

A abertura do evento dar-se-á na sexta-feira, 16 de setembro, às 19 horas com a entoação do Hino Nacional Brasileiro. Se apresentam a preletora Missionária Kelly Ribeiro, da cidade de Panorama (SP) e os cantores jalesenses Jairo e Sandra. No sábado (17) ainda a confirmar o preletor(a), mas confirmada a presença da cantora Flávia Luiza foto), de Ilha Solteira (SP). No domingo (18), o Congresso terá início às 14h30m, com a presença da preletora Missionária Edilaine, de Guararapes (SP) e a cantora Missionária Lúcia Vieira.

Segundo o diácono Elias, a entrada será franca a todas as pessoas. "Estamos pedindo que levem como doação um quilo de alimentos não perecíveis que será revertido em prol do Fundo Social de Solidariedade de Jales".

No final de cada dia de evento serão sorteados brindes As pessoas de todas as denominações religiosas estão convidadas para participarem do evento.

Anglo de Jales resgata a tradição do Interpais




 
O mês de agosto, no Brasil foi marcado pelos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. No Anglo de Jales não foi diferente, além da celebração das Olimpíadas, os nossos alunos acompanhados de seus pais, participaram, entre os dias 20 e 21 de agosto do Interpais, que tem como objetivo, incentivar o esporte e desenvolver interação entre as famílias e a escola.

O Interpais é uma antiga tradição do Colégio, resgatada esse ano pela direção, coordenação e o professor Alcebíades Bernardo, o Bidinho. Esse evento fez parte das comemorações do Dia dos Pais.

Além dos pais atletas, também compareceram no Ginásio Poliesportivo Cristóvan Soler, mães, filhos e familiares, formando uma torcida muito animada.

Os jogos foram realizados no sábado e domingo, nas modalidades, Tênis de Mesa, Vôlei, Basquete, Futsal e Xadrez.

Após os jogos do domingo, dia 21, aconteceu o almoço de encerramento, no CPP de Jales, com um delicioso cardápio, sorteio de brindes e o show da dupla Paulinho e Isa Frassato.

Reflexões: Conta comigo

Adelvair David
 
 
A viagem é muita vez árdua, o prosseguir não assegura facilidades, o recomeço é sempre convite renovado, assim é o caminhar da vida na direção da iluminação.
O homem deverá fazer a imprescindível parceria consigo mesmo, isto lhe assegurará conseguir as luzes que necessita para a verdadeira sabedoria de viver.
Os viajantes, embora na mesma embarcação, carecem das mesmas necessidades, afetos familiares, amigos e irmãos têm as mesmas lutas para fazer, cada qual seguindo o roteiro traçado, em princípio, por si mesmos, antes da entrada na vida material. Uns podem colaborar com os outros, mas ninguém conferirá ao outro o dever de lhe fazer feliz ou de torna-lo próspero, o crescimento é experiência única e intransferível, é a mão na massa com dedicação e suor. O homem apresentar-se-á diante da própria consciência para aferir valores conquistados, se melhores, terá mais força para os desafios de crescimento futuros, se ruins, terá enfrentamentos tumultuados e reparação para fazer e muito que conquistar.
Embora as fragilidades das experiências malsucedidas no seu passado possam desmotivar a sua caminhada ou dirigi-lo para vícios e comportamentos indevidos, terá sempre o convite para fazer o que é correto, tendo o livre arbítrio para agir conforme a sua decisão. Daí a necessidade urgente de iniciar-se a transformação moral, de começar ainda hoje a corrigir os seus defeitos, e muito mais, de lembrar que precisa fazer as pazes consigo mesmo para deixar de sofrer. Deve buscar fortalecer-se na confiança em Deus e escolher o bem para viver, conhecedor que é, de que toda ação tem uma reação que lhe alcançará em algum tempo.
Sem ser egoísta, se tem alguém com quem o homem deverá sempre contar é consigo mesmo. Se assim proceder, fazendo tudo o que estiver ao seu alcance para dar conta da sua vida, o resto, disse Jesus: "[...] lhe será dado por acréscimo".
AO AGIR AGORA, NÃO TARDARÃO OS FRUTOS DA TUA ESCOLHA, BONS OU MAUS, CONFORME O TEU PROCEDER.
 

Diocese de Jales realizou sua 32ª Romaria Diocesana no domingo,21





 
No domingo, 21 de agosto, a Diocese de Jales realizou a 32ª Romaria Diocesana, com o tema "Com Maria celebramos a misericórdia de Deus", reunindo em torno de 10 mil fiéis, vindos dos 46 municípios da Diocese.

Por volta das 13 horas os romeiros começaram a chegar ao local da concentração, no recinto da Facip, animados por uma equipe de música, padres, o Bispo Dom Reginaldo e o Bispo emérito, Dom Demétrio. Às 14h os romeiros partiram em caminhada rumo à praça da Catedral onde, ao redor do cruzeiro de fundação da cidade, celebraram a sua fé e expressaram a sua unidade.

Este ano a Romaria teve como motivação a presença de Dom Reginaldo, que assumiu a Diocese no mês janeiro, sendo esta sua primeira participação na Romaria. E a presidiu com muito entusiasmo, dando ao povo a certeza que a Romaria continuará fazendo parte do calendário da Diocese.

Outra intenção celebrada foi a realização do 17º Congresso Eucarístico Nacional, que terminou no dia da realização da Romaria. Por esta razão, foram distribuídos 10 mil pães abençoados a todos os presentes.

A Romaria também lembrou o Ano da Misericórdia, que a Igreja está vivendo desde o dia 08 de dezembro de 2015 e será encerrado no próximo dia 20 de novembro.

Todos os anos no mês de agosto, no domingo em que a Igreja Católica celebra a Festa da Assunção de Maria, a Diocese de Jales realiza sua tradicional Romaria. As romarias começaram em 1985, por ocasião do Jubileu de Prata da Diocese, quando foi solenemente reimplantado na praça da catedral o cruzeiro de fundação da cidade.

A partir desta data, anualmente, a Diocese revive a sua história, renovando os seus compromissos de igreja, abraçando a missão que Cristo lhe confiou. Todos os setores da diocese se empenham na realização da romaria, assumindo as diversas tarefas da caminhada e da celebração.

As emissoras de rádio da Diocese: Rádio Assunção, Regional FM e Rádio Educadora, como acontece todos os anos, deram total cobertura à Romaria, transmitindo uma programação diferenciada a partir das 7h, dedicada à veiculação das motivações da Romaria.

FOLHAGERAL

da redação

A mídia
divulgou que Pedro Callado é um dos coordenadores da candidatura de Flá Prandi e Garça nas eleições municipais deste ano. Isso pode render assuntos, no mínimo curiosos, que podem ficar gravados na história política da cidade. E a cidade?
Primeiro,
o prefeito será coordenador de uma candidatura reconhecidamente vitoriosa à sua sucessão, por não ter um concorrente sequer. Segundo, o prefeito pertence ao PSDB e os futuros eleitos pertencem a outros partidos: o titular ao DEM e o vice ao PMDB.
Ser coordenador
de uma candidatura nessas condições tem implicações – imediatas e futuras – que precisam ser avaliadas. No presente, pode gerar reações diversas (engraçadas ou sérias) contrárias ao prefeito e seu partido. E após as eleições, nos quatro anos de mandato dos eleitos? Os nomes do prefeito coordenador da campanha e do seu partido serão lembrados pela opinião pública insatisfeita (com pilhérias ou censuras).
Só prá lembrar
as eleições municipais de 2012. Não houve candidatura única. Mas Nice Mistilides (PTB) e Pedro Callado (PSDB), em nome da coligação Coragem e Determinação com Jales no Coração, foram apoiados por nove partidos políticos. Resultou em crise e bafafá.
Alguns dias
já se passaram após as definições das candidaturas e o dia das eleições ainda está um pouco longe. Neste tempo de transição, os "analistas" lá do botequim da vila apostam que – com todo esse imbróglio que antecedeu as convenções eleitorais – os tucanos vão levar duas secretarias municipais na próxima administração. E de peso.
Há mais
um comentário, que corre para acalorar as conversas políticas. Um tucano – que teria sido convidado, mas não aceitou disputar o cargo de prefeito – estaria agora com uma corda enrolada ao redor do pescoço. Isto é, podendo ser expulso da sigla.
O governador
Geraldo Alckmin inaugurou, na terça-feira (23 de agosto), mais uma unidade do programa Poupatempo. Foi em Sertãozinho, cidade de 100 mil habitantes, onde o prefeito é do PSDB. Jales é sede de microrregião – com 23 municípios e 150 mil habitantes – e o prefeito é do PSDB. Mas não tem Poupatempo.
Uma emenda
parlamerntar, no valor de R$ 700 mil, foi apresentada ao orçamento estadual pela deputada Analice Fernandes para instalação de uma unidade do Poupatempo em Jales. Mas emenda parlamentar é apenas uma solicitação para ser incluída no orçamento estadual.
Como não há
nada para contestar que o futuro prefeito jalesense está definido, acredita-se na união dos deputados federais Rodrigo Garcia (DEM) e Fausto Pinato (PP) que, com a deputada estadual Analice Fernandes (PSDB) articularam a candidatura única em Jales. Eles poderão contribuir na boa administração de Jales e conseguir o Poupatempo.
O Tribunal
de Contas do Estado (TCESP) determinou a paralisação da construção de 99 casas populares do CDHU em Jales, perto do cemitério novo, por ausência de ampla divulgação. Isto é, de publicação do edital em jornais de grande circulação.
Ora, ora,
faltando pouco para as casas serem concluídas, o TCE suspende as obras. Se houve negligência ou falha, deve ser responsabilizado o gestor público a época, diga-se, o então prefeito Humberto Parini (PT). E não suspender a obra, deixando 99 famílias esperando pelas suas casinhas. Com razão, isso virou piada nas rodas de conversas.
O município
de Jales está recorrendo, como também a empreiteira, da decisão do TCESP, alegando que houve publicação em jornais regionais e nos Diários Oficiais do Estado e da União.
Segundo
se divulgou sobre o uso de setores do aeródromo municipal sem licitação, o Procurador da República Carlos Alberto dos Rios Junior disse que o termo de permissão de uso foi firmado em fevereiro de 2014, ainda no mandato da prefeita Nice Mistilides, sem a realização de procedimento licitatório. Este fato culminou numa investigação, também então prefeita, pelo crime de dispensa indevida de licitação.
Os candidatos
a vereador precisam alertar seus cabos eleitorais, que fazem propaganda volante pela cidade, para que não abusem do som. Isso pode causar ojeriza por parte do eleitorado e funcionar contra os candidatos. Além disso, se estiverem despreparados – sem idéias realizáveis – para apresentarem aos cidadãos, vão ouvir muita coisa indesejável.
Até as 18 horas
da segunda-feira (22 de agosto), foram contabilizados 507 mil pedidos de registro de candidatura no país. Desse montante, 4.599 já foram deferidos pela Justiça Eleitoral, sendo 4.222 para vereador, 189 para prefeito e 188 para vice-prefeito.
Dos candidatos
que tiveram o pedido de registro concedido pela Justiça Eleitoral, 1.562 têm ensino médio completo, 934 têm ensino superior completo e 136 declararam que leem e escrevem. A maioria deles (724 candidatos) está na faixa de 45 a 49 anos. Apenas um candidato, na faixa de 85 a 89 anos, teve o pedido de registro deferido até o momento.
Relatórios

do Ministério Público Federal já apontam 5.179 candidatos com irregularidades para as eleições de 2016. O número foi obtido pelo Sisconta Eleitoral, sistema criado para receber e processar nacionalmente as informações de inelegibilidade pelos critérios da Lei da Ficha Limpa
A política
jalesense vive momentos desgastantes e de hipocrisia perante os olhos do povo.
A propaganda
eleitoral gratuita começa nesta sexta-feira, 26 de agosto, nas emissoras de rádio e se estende até o dia 29 de setembro. Qual será foi o grau de audiência? O que será que vai atrair a atenção do público? Curiosidade ou decisão diante do inevitável?

Palavras de Chico Xavier


A arrogância é um prato cheio para os espíritos das trevas... A criatura arrogante está a um passo de cometer qualquer desatino. Um minuto de invigilância pode significar séculos de luta... A prece e a humildade são vacinas contra a loucura, os estados de desequilíbrio que dão sanatório, cadeia, suicídio... Quem não ora e não tem a preocupação do bem aos semelhantes, fica à mercê dessas forças incontroláveis, dessas forças dispersivas do mal, que, infelizmente, ainda fazem tantas vítimas

Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

 

Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

EDER FÁBIO DAGUAM e NAYARA FERNANDA SIVIERO GARCIA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 12 de setembro de 1.981, operador de máquinas, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Vicente Orivaldo Daguam e de Luzia Alves Pereira Daguam. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 02 de dezembro de 1.992, engenheira agrônoma, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Jovenil Garcia e de Nilcéia Siviero.

ADRIANO PEREIRA CARRANSA e EDILANI DA SILVA FERREIRA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 07 de abril de 1.986, ajudante geral, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Luiz Ligero Carransa e de Fatima Regina Pereira. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 02 de agosto de 1.979, beneficiária, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de José dos Santos Ferreira e de Maria Socorro da Silva Ferreira.

DANYEL FERNANDES GONÇALVES e POLIANA SOARES DA COSTA. ELE, natural de Curitiba, Estado de Paraná, nascido aos 26 de maio de 1.997, estudante, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Benedito Gonçalves e de Cileyde Fernandes Gonçalves. ELA, natural de Palmeira D’Oeste, deste Estado, nascida aos 05 de agosto de 1.996, vendedora, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Celso Soares da Costa e de Elaine Cristina Argentão.

HIGOR PADULA BELLÃO e ISABELLE DA SILVA IGLESIAS. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 04 de junho de 1.987, economiario, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Jayme Bellão e de Fátima Joanna Padula Bellão, ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 16 de abril de 1.990, ajudante de confeitaria, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de João Julio Iglesias Siqueira e Sueli de Fátima da Silva Iglesias. (Republicação).

EWERTON JOSÉ VENCESLAU GAROZI e JUDITH CAROLINE FIGUEIREDO AMBROZIO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 09 de agosto de 1.989, mecânico, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Antonio Garozi e de Rosseane Venceslau da Silveira Garozi. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 15 de outubro de 1.991, comerciante, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Antonio Ambrozio e Maria Helena Figueiredo Ambrozio. (Republicação)

CÉSAR RODRIGO DE CASTRO e DANIELA REGINA SOARES DA SILVA. ELE, natural de Jundiaí, deste Estado, nascido aos 27 de maio de 1.980, pecuarista, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de João Aparecido de Castro e de Suely Aparecida Jeronimo de Castro. ELA, natural de Jundiaí, deste Estado, nascida aos 07 de maio de 1.984, assistente administrativa, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Claudio Soares da Silva e de Cleusa Maria Soares da Silva.

RAPHAEL CAPARROZ e AMANDA DA COSTA PICOLO. ELE, natural de Cuiabá, Estado de Mato Grosso, nascido aos 11 de abril de 1.994, ajudante geral, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Dirce Caparroz. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 26 de junho de 1.995, técnica em enfermagem, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Silvio Braz Picolo e de Marcia Cristina da Costa Picolo.

ODIRLEI MARCOS SANTIN e MAYRA GONÇALVES DUTRA DA SILVA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 22 de novembro de 1.980, gerente administrativo, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Elidio Santin e de Santina Fancio Santin. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 12 de maio de 1.989, auxiliar de escritório, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Aparecido Valentim Dutra da Silva e de Sonia Maria Campos Gonçalves da Silva.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA- O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina


Desigualdade

Reginaldo Villazón

O desenvolvimento – mais do que uma aspiração – é uma necessidade humana. Desde que apareceu no planeta, a humanidade não pára de agir na busca do desenvolvimento. A espécie humana estaria hoje reduzida a grupos selvagens, ou estaria extinta, caso não tivesse respondido com o desenvolvimento à precariedade da vida inicial. Mas, longe de tratar apenas de questões materiais, o desenvolvimento tem implicações intelectuais, éticas e espirituais que afetam os comportamentos individuais e coletivos.

De forma simples, podemos observar muitos ganhos proporcionados pelo desenvolvimento. Em favor da saúde, do bem estar e da longevidade, a ciência hoje oferece produtos, técnicas e informações que produzem resultados notáveis. Em favor da segurança e do conforto, as empresas fornecem meios de transporte construídos com muita tecnologia e certificação. No Brasil – apesar dos pesares – a Copa do Mundo 2014 e os Jogos Olímpicos 2016 trouxeram estímulos importantes aos esportes nacionais.

Sem dúvida, a humanidade já se desenvolveu muito. Porém, ainda existe no mundo um quadro geral de infortúnios que precisam ser superados. Crises econômicas, empresas endividadas, desemprego, pobreza, violência, injustiças, migrações descontroladas, agressões ambientais, descontentamento com as instituições, insatisfação com a política. Os cientistas sociais sabem que o desenvolvimento é a resposta a todos esses problemas. Por isto, procuram identificar os entraves ao desenvolvimento.

O fato que chama muita atenção deles – como grande obstáculo ao desenvolvimento – é a falta de igualdade social. Eles chegam a colocar a questão da igualdade no ponto central do desenvolvimento a ser mantido por longo período. Objetivamente: se não houver uma convergência de ações em favor da igualdade social, o desenvolvimento humano não se realiza e os graves problemas do mundo ficam sem solução. Primeiro é preciso visar a igualdade para depois visar o desenvolvimento.

No Brasil, um relatório do Ministério da Fazenda divulgou um estudo feito sobre 26,5 milhões de declarações do imposto de renda de 2014/2015. O grupo de pessoas que está no topo da lista, perfazendo apenas 0,10% do total, possui um volume de riqueza 6.450% superior à média dos declarantes. Além disso, existem 75 milhões de trabalhadores no país que não fazem declaração do imposto de renda porque possuem renda muito baixa. Os dados levantados mostram uma situação absurda.

Muita gente mal informada aceita como correta a informação de que o capitalismo tem a melhor lógica social e econômica, que tal lógica nada tem com as desigualdades. Mas a lógica capitalista tem como ponto central o dinheiro. As decisões capitalistas são tomadas em função do dinheiro. Pessoas, meio ambiente, desenvolvimento e demais questões ficam em planos secundários. No entanto, hoje, a prioridade não é mais a lógica capitalista, mas o desenvolvimento, a sobrevivência e a qualidade da vida humana no planeta.

Concurso de redação busca apresentar alunos do Fundamental ao mundo científico

Estão abertas as inscrições para o IV Concurso de redação do Núcleo de Educação em Câncer. Uma parceria entre o Hospital do Câncer de Barretos e Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, o concurso é voltado para alunos do 9° ano do Ensino Fundamental do estado e busca estimular jovens escritores a se interessarem na investigação científica respondendo à pergunta: HPV e Câncer – e eu com isso?

Na redação, os alunos devem falar sobre o papel do papilomavírus (HPV) como fator para o surgimento do câncer e inserir informações sobre a forma de transmissão e prevenção do HPV, destacando a importância da educação como forma de combate. As escolas devem selecionar as melhores redações e encaminhar para a Diretoria de Ensino de sua jurisdição até o dia 13 de setembro. No site do concurso professores podem encontrar informações e materiais que podem ser utilizados em sala de aula na exposição do tema.

Os textos devem ser redigidos no modelo dissertativo-argumentativo e escritos de forma manuscrita, com letra legível. A comissão julgadora analisará as redações pelos critérios de criatividade, relevância, organização dos argumentos, ortografia e gramática.

As cinco melhores redações terão os seus textos publicados no site do Hospital do Câncer de Barretos e participarão de um estágio de três dias no Centro de Pesquisas de Oncologia Molecular. O primeiro lugar receberá um notebook juntamente com o professor responsável. Todos os alunos classificados entre o 2º e 5º lugar receberão um tablete.

Heroísmo anônimo

José Renato Nalini, Secretário estadual de Educação

A rede pública da educação paulista é um universo complexo cuja dimensão é desconhecida da maior parte da população. Pouca gente possui a noção de seu gigantismo: quase quatro milhões de alunos, distribuídos por mais de cinco mil escolas, entregues a mais de 230 mil professores. Mais os outros profissionais da educação chegam a 300 mil pessoas, às quais se adicionam outros 100 mil inativos. A cada refeição escolar, mais de dois milhões de estudantes se alimentam. Qual é o restaurante capaz de suprir a essa demanda?

Um corpo dinâmico, oscilante em números, diante da própria natureza da missão educativa: quantos alunos faltam por dia? Quantos professores estão hoje ausentes? A cada dia um novo flash, que nunca se repete; nunca é igual à véspera. O que se pode garantir é que o magistério paulista cumpre sua missão. A despeito das dificuldades, do contingenciamento de verbas em decorrência da crescente queda de arrecadação, que aflige São Paulo de maneira muito mais intensa que outros estados-membros menos industrializados, os professores continuam a transmitir conhecimento e experiência ao alunado. Tanto que este caminha rumo à excelência no aprendizado. Longo caminho a ser percorrido até atingir os índices do primeiro mundo. Mas a progressão é verificada a cada ano.

Em inúmeras escolas estaduais há diretores entusiastas, que conseguem motivar toda a sua equipe e manter acessa a chama. Há professoras que conseguem maravilhas com crianças e jovens vulneráveis e que se retroalimentam de fé quando assistem ao fenômeno da transformação. Há talentos impulsionando a infância não só a se alfabetizar, mas a adquirir o amor pela leitura, compreender o significado de um processo de aquisição do conhecimento e de treinamento para a cidadania e de qualificação para o trabalho. Quando se constata o que conseguem esses heróis anônimos, com imensas dificuldades, mas com a força extraível da consciência de sua missão, conclui-se – e ainda bem! – que a educação tem jeito. É só injetar carinho em seus artífices.

Prefeito Callado se compromete com MPF a cancelar premissão de uso de aeródromo

 
O prefeito Pedro Callado e o procurador-geral do município, Benedito Dias da Silva Filho, comprometeram-se com o Ministério Público Federal a cumprir recomendação expedida no último dia 10 de agosto e informaram ao MPF que será anulado o ato que concedeu a permissão de uso do aeródromo da cidade ao empresário Manoel Messias da Silva e que ele será notificado a desocupar a área pública.

Segundo a administração municipal, caso o empresário não acate o decreto que cancelará a permissão de uso, a prefeitura tomará as medidas judiciais cabíveis para reaver a posse do aeroporto da cidade.

Na reunião, o procurador da República Carlos Alberto dos Rios Júnior, responsável pelo caso, consentiu que seja dado um prazo para o atual concessionário deixar a área do aeroporto, mas que, durante este período, deve ser realizada licitação para escolha da entidade / empresa que assumirá o terminal.

O MPF também que consentiu que sejam exigidos do futuro administrador do aeródromo a manutenção do terminal e a realização de melhorias no local. O MPF deu quinze dias para que a prefeitura apresente um cronograma para o cumprimento total da recomendação.

Eemtemda o caso - O termo de permissão de uso entre a prefeitura e o empresário foi firmado em fevereiro de 2014 sem a realização de procedimento licitatório. Embora houvesse outros possíveis interessados na exploração do aeroporto, Messias da Silva recebeu o direito de explorar a área sem que a prefeitura justificasse por que havia dispensado a concorrência. Além de ferir a Lei de Licitações, a outorga não teve prévia anuência da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, o que contraria o Decreto Federal 7.624/2011.

Para tentar explicar a manutenção da permissão de uso, a prefeitura citou uma lei municipal que procura comprovar o caráter público da exploração do aeroporto. A Lei 4.500/2016 estabelece a utilidade pública da Escola de Aviação Civil de Jales, empresa que pertence a Messias da Silva e atua no terminal. Porém, a justificativa é inválida não só porque a declaração foi aprovada dois anos após a cessão do espaço, mas também porque a permissão foi concedida ao empresário, não à escola.

Messias da Silva nunca pagou nenhuma das prestações mensais de R$ 2,1 mil pela utilização do local, como previsto no termo de permissão de uso. No mês passado, a dívida com o Município já alcançava R$ 76,2 mil. Apesar de o montante se referir a todas as parcelas que deveriam ter sido quitadas desde o início da exploração da área, a prefeitura somente levou o caso à Justiça neste ano, cobrando o pagamento em atraso.

Além da inadimplência, Messias da Silva desrespeitou o termo de cessão ao estender a administração para todo o aeroporto. O documento restringe ao empresário apenas o uso de um hangar e da pista de pouso e decolagem. No entanto, as investigações revelaram que ele tem gerenciado outras áreas e serviços e controlado até mesmo o acesso às dependências do terminal. Todas as atividades são executadas sem o conhecimento e a fiscalização municipal.

Mais atenção aos jovens negros brasileiros

*Desembargadora Luislinda Valois

Costumamos dizer que os jovens são o futuro do País. Mas se queremos realmente chegar lá, precisamos aqui e agora investir neles, pois é no presente que temos a oportunidade de fazer florescer todo o seu potencial de transformação, todo a sua criatividade e dinamismo, rumo a uma concepção de mundo mais igualitária.

Neste momento em que acabamos de realizar as Olimpíadas no Brasil, temos a grata satisfação de constatar que – por meio do esporte – muitos negros conseguiram romper a barreira da invisibilidade, da falta de perspectiva e do preconceito. Mas os Pelés, os Joões do Pulo, as Daianes dos Santos e as Rafaelas Silva – só para citar alguns brasileiros - ainda são poucos. Temos capacidade para muito mais. Não podemos nos contentar com o êxito de alguns poucos negros, que infelizmente ainda representam uma exceção, uma "cota" em nosso país. Não podemos nos resignar à naturalização da desigualdade.

Atualmente, o mundo registra a maior população de jovens de toda a história,1,8 bilhão de pessoas. No Brasil, são mais de 50 milhões de jovens que carregam dentro de si o poder das mudanças para a construção de um País melhor. Por isso, temos a grande responsabilidade, neste momento, de oferecer aos nossos jovens instrumentos que os capacitem a exercer todas as suas habilidades e competências, desviando-os dos caminhos da miséria, do analfabetismo, da violência, das drogas e da morte prematura, e assegurando-lhes caminhos seguros de crescimento, formação e ascensão social e profissional.

Com essa perspectiva de futuro em nossas mãos, não é aceitável que na história recente do nosso país cerca de 30 mil jovens sejam assassinados por ano e, destes, 77% sejam negros; não é aceitável que cerca de 20% dos jovens não estudem nem trabalhem e, destes, 63% sejam negros e/ou mulheres. Esses índices expõem a dura desigualdade que ainda experimentamos em todos os aspectos da vida social. Temos mecanismos para mudar isso, seja pela educação, pela formação profissional, seja pelo esporte.

Nesse contexto, que as vitórias dos nossos atletas negros sirvam de exemplo para a juventude preta, pobre, da periferia e para toda a juventude brasileira, mas que seu sucesso não sirva para esconder a infinita desigualdade que ainda precisamos superar.


*Luislinda Dias de Valoá Santos é Secretária Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial Ministério da Justiça e Cidadania

Bens essenciais à atividade de empresa individual são impenhoráveis decide a 4ª Turma do TRF3

A Quarta Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) confirmou decisão de primeiro grau que havia retirado a constrição de três equipamentos de uma clínica odontológica que estavam penhorados como garantia de uma dívida com a União, no valor de R$ 157 mil, referentes ao recolhimento da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social).

A União recorreu da decisão ao TRF3, alegando ser a penhora necessária para a satisfação do débito, mas o juiz federal convocado Marcelo Guerra, relator do acórdão no TRF3, reafirmou a impenhorabilidade dos bens.

O magistrado explicou que o artigo 649, inciso V, do Código de Processo Civil, declara absolutamente impenhoráveis "os livros, as máquinas, as ferramentas, os utensílios, os instrumentos ou outros bens móveis necessários ou úteis ao exercício de qualquer profissão".

Ele ressaltou que, embora esse dispositivo se aplique às pessoas físicas, "a jurisprudência entende que a impenhorabilidade prevista neste inciso, pode ser estendida às pessoas jurídicas, desde que se enquadre como microempresa ou empresa de pequeno porte e que haja prova de que os equipamentos penhorados sejam essenciais à manutenção das atividades empresariais".

No caso dos autos, o magistrado considerou comprovado que se trata de uma empresa pequena, configurada como Empresa Individual de Responsabilidade Limitada – Eireli. Além disso, os equipamentos penhorados prestam-se ao desenvolvimento de sua atividade econômica, "o que justifica o reconhecimento da impenhorabilidade do bem", segundo o juiz.

SERT inicia implantação de Frente de Trabalho em Urânia



 
Com as presenças do secretário José Luiz Ribeiro, o chefe de Gabinete Luciano Martins Lourenço, o coordenador de Políticas de Emprego e Renda Pedro Nepomuceno Filho, e o diretor-regional Bruno Bosso, a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) iniciou nesta quinta-feira, 25 de agosto, a implantação do Programa Emergencial de Auxílio-Desemprego (Pead), mais conhecido como Frente de Trabalho no município de Urânia.

Esteve presente prestigiando o evento, o prefeito Francisco Airton Saracuza, além de várias lideranças políticas e comunitárias

O evento para implantação de turmas da Frente de Trabalho em Urânia no Centro Comunitário Luiz Fazzio, à avenida Presidente Kennedy em Urânia

Na segunda-feira, 22 de agosto, foi iniciada uma Frente dentro do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp), com 40 vagas.

Estão liberados recursos da ordem dos R$ 6 milhões entre 2016 e 2017, sendo R$ 2,4 milhões para este ano.

Podem participar maiores de 17 anos e residentes há pelo menos dois anos no Estado. O bolsista desenvolve suas atividades por até nove meses, com jornada de seis horas diárias, quatro dias por semana, sendo o quinto dia destinado a um curso de qualificação profissional ou alfabetização. Os inscritos passam por avaliação socioeconômica para ingresso.

O beneficiado recebe, mensalmente, bolsa-auxílio de R$ 300, cartão-alimentação, seguro de acidentes pessoais e auxílio-deslocamento, quando necessário. Em caso de óbito em função de acidente durante o período de duração do contrato, a família tem direito a seguro de vida. São reservadas 3% das vagas para pessoas com deficiência e 2% para atendimento de egressos do sistema penitenciário. A participação na Frente não constitui vínculo empregatício, já que tem caráter assistencial e de formação profissional.

Família, vocação e missão

Dom Reginaldo Andrietta, Bispo Diocesano de Jales

Abro com carinho um velho álbum de fotografias e revivo o amor de Deus retratado ali, em tantos momentos alegres e também difíceis da vida. Beijo um retrato com veneração, pois ali está estampado o bem mais precioso da minha vida: minha família. Se a amizade sincera é um tesouro, o que dizer da família? Família é uma arquitetura divina, é comunhão de vidas que geram novas vidas, cumprindo o que Deus disse na criação: "sejam fecundos, multipliquem-se!" (Gn 1,28).

O que pode haver de mais digno neste mundo do que dar a vida a um ser humano, imagem e semelhança de Deus? Não há sobre a terra obra alguma que se assemelhe em grandeza e dignidade. No entanto, a vocação dos humanos transcende a procriação. O amor, por exemplo, de um casal impossibilitado de ter filhos, que se doa ao bem de outros, ou de uma pessoa que não se casa para se consagrar a Deus, à comunidade e à sociedade, é profundamente fecundo.

"Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos" (Jo 15,13). Jesus o disse e o provou doando sua vida para salvar os humanos de seus males, a começar pelos que afetam a família. Seu encontro com Zaqueu é significativo: "Desça depressa Zaqueu, porque hoje preciso ficar em sua casa" (Lc 19,5). Acolhendo Jesus e mudando de vida, Zaqueu acolhe a salvação em seu lar; ele recebe dádivas de Deus para a sua família.

Em todo mês de agosto, a Igreja realiza a Semana Nacional da Família, para educar-nos sobre o valor da família e despertar-nos sobre o que deve ser melhorado em nossa vida pessoal e social, em função da vida familiar. Agosto é também, para a Igreja, um mês de reflexão vocacional. Vocação está relacionada à missão. O que nos dá sentido à vida, senão a missão?

A qual missão você e eu, nos sentimos interpelados? Essa questão é chave em nossa vida. Ela abre a porta do sentido de nossa existência neste mundo, afinal se eu não estiver imbuído de uma missão, qual sentido dou à minha vida ao abrir os olhos, despertando-me cada dia? Qual sentido dou à minha vida ao partir para o trabalho ou ao estudo sem saber o que quero alcançar com tanto esforço? "Vaidade das vaidades", diz o livro do Eclesiastes. Tudo se torna vazio.

A vida se torna vazia sem ideais e projetos a realizar. Por que, então, deixar-se invadir pela solidão de uma vida sem missão? Vida sem missão é fuga, evasão. Por certo, quem opta pelo caminho fácil, não encontra realização. "Estreito é o caminho que leva à salvação. Poucos o trilham. Largo é o caminho que leva à perdição. Muitos caminham por ele." (Mt 7,13-14).

Sem dúvida, quem faz de sua vida uma missão anda na contramão. Assim são os que constituem famílias ou se consagram, imbuídos pela fecundidade do amor divino. Como é belo o casal que vive seu amor em Cristo, apoiando-se mutuamente ao longo de toda a vida! Como são belos também os consagrados, que unem suas mãos em luta e em prece, confiantes de que deles, Deus não se esquece!

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Sindicatos protocolam documento contra área azul no Ministério Público de Três Lagoas

Falta de informação e diminuição da população no comércio tem preocupado os representantes sindicais
 
Nesta quinta-feira, 25 de agosto, os representantes do Sindicato dos Empregados no Comércio de Três Lagoas, Sindicato do Comércio Varejista e Movimento Vem pra Rua Três Lagoas, protocolaram no Ministério Público Estadual um documento para adequação da implantação da área azul no município.
A preocupação e descontentamento é com a diminuição, em aproximadamente, 80%  das vagas para motocicletas, falta de divulgação dos pontos de vendas dos créditos, funcionamento do aplicativo que pode ser instalado nos aparelhos celulares. “Nós queremos que eles adequem alguns pontos que estão prejudicando a população que vai ao comércio e os trabalhadores, o fluxo de pessoas nas lojas já caiu e muito por causa desses problemas”, ressaltou, Sueide Silva Torres, presidente do Sindivarejo.
Já foram realizadas cerca de três reuniões, com a prefeitura municipal, secretaria de trânsito e até conversas com representantes da empresa responsável pela implantação do sistema de estacionamento rotativo, porém até o momento nada foi resolvido. “Participamos de várias discussões, até agora nada e quem está pagando o preço são os comerciantes e os empregados. Já recebi ligações de empresários dizendo que caiu muito o fluxo de vendas e, por isso, vai precisar demitir funcionários”, finalizou o presidente do Sindicato dos Empregados, Eurides Silveira.
Após o protocolo do documento os representantes foram recebidos pelo promotor de justiça, José Roberto Tavares, que afirmou que o caso será analisado.

Santa Casa de Jales realiza alteração nos horários de visitas


A partir do dia 1º de setembro a Santa Casa de Jales passará a oferecer novos horários para visita e troca de acompanhante. O objetivo da alteração visa atender um componente essencial exigido pela RDC/Anvisa nº 36/2013, que institui ações para a segurança do paciente em serviços de saúde e outras providências.

Dessa forma, o Grupo de Trabalho de Humanização – GTH, juntamente com os demais envolvidos, reuniram-se para discutir mecanismos capazes de mobilizar esse novo sistema referente a segurança do paciente, que envolve o mundo todo, no qual delibera a importância do tratamento aos pacientes, familiares, gestores e profissionais de saúde no sentido de oferecer uma assistência segura.

Para o presidente do GTH, Eider Nestor, existem outros mecanismos que levaram a tomar a decisão. "Visamos a mudança do horário pensando também na melhoria dos cuidados aos usurários, higienização e desinfecção dos quartos, a parte assistencial da enfermagem, a visita e conduta médica, horário de café, almoço, jantar, alta do paciente, doenças transmissíveis, entre outros fatores que remetem a segurança do paciente", destacou.

O horário de troca de acompanhantes também sofrerá alteração e passará a ter mais opções, sendo das 7h30 às 8h30, das 13h às 14h e também das 18h às 17h.

Ressalta que é proibido adentrar nas dependências do hospital vestindo chinelo, mini saia, short curto e blusa decotada, deve-se utilizar vestimenta adequada. Evidencia-se que crianças menores de 12 anos não poderão ter acesso as unidades da Santa Casa, de 12 a 18 anos, somente acompanhado com o responsável e documento de identificação.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Presidente da APAE de Três Lagoas se encontra com governador do Estado

O presidente e o diretor social entregaram para Reinaldo Azambuja um relatório com todas as informações para o término da nova sede da instituição


Nesta semana o presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Três Lagoas – APAE, Luiz Fausto Rodrigues, juntamente com o diretor social, Odemar José Leonardo, estiveram reunidos com o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja. Na ocasião foi entregue um relatório com todas as informações sobre a nova sede da instituição.
O objetivo do presidente e do diretor da APAE é que com todos os dados necessários o governador olhe com atenção e ajude na conclusão da obra. “Fizemos todo o levantamento do que ainda falta para concluirmos a nova escola, o dinheiro que já nos foi destinado e os valores gastos até o momento. Ele prometeu que irá olhar com carinho e dentro do possível irá contribuir para, enfim, terminarmos nossa obra”, concluiu o presidente, Fausto Rodrigues.
A nova sede da APAE tem um projeto de 4 mil m² e atualmente o valor para finalização está orçado em cerca de R$ 7,7 milhões. “Nos foi destinado até hoje R$ 500 mil pela Câmara Municipal e R$ 1 milhão da Prefeitura. Já aplicamos na construção R$ 2,2 milhões”, finalizou Fausto.
A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais é uma instituição filantrópica e atende hoje cerca de 330 alunos, nos períodos matutino e vespertino. “O dinheiro que vem para nossa escola é todo destinado para despesas com manutenção predial, pagamento de funcionários e alimentação dos alunos, não temos como destinar nada para a obra, dependemos exclusivamente de doação para finalizar”, disse.