Páginas

segunda-feira, 13 de agosto de 2018




 

 
Missa de Encerramento(1).JPG
Missa de Encerramento(2).JPG
Missa de Encerramento(3).JPG
Missa de Encerramento(4).JPG
 

Pedra no Caminho: Justiça Federal aceita pedido da Lava Jato em SP e afasta oito acusados de suas funções

Os 14 acusados pelos crimes de associação criminosa e fraude à licitação foram intimados a apresentar em 15 dias resposta por escrito à acusação do MPF A Justiça Federal acolheu pedido da Força Tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo e determinou a suspensão das atividades públicas por parte dos acusados da Operação Pedra no Caminho que atuam ou atuavam na Dersa e das atividades econômicas dos acusados que atuam em empresas privadas.

A medida cautelar alcança 8 dos 14 denunciados (outros seis investigados já estavam afastados de suas funções) e havia sido requerida pela Força Tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo em 27 de julho. Segundo a denúncia do MPF, os acusados integram uma organização criminosa que  fraudou licitações dos lotes 1, 2 e 3 do trecho norte do Rodoanel. Os crimes ocorreram entre outubro de 2014 até a deflagração da operação, em junho passado.

Os 14 acusados são agentes públicos da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A.), empresa de economia mista responsável pela obra, e funcionários das construtoras OAS, Mendes Júnior e Isolux, responsáveis pelos lotes cujas fraudes estão apontadas na primeira denúncia do MPF.

Segundo a decisão, a medida é necessária, "como forma menos gravosa" de garantia da ordem pública e econômica que a prisão preventiva, e, "indispensável para, senão impedir, ao menos reduzir os riscos de reiteração criminosa contra a sociedade e a economia".

Na mesma decisão, publicada nesta segunda-feira (13) no site da Justiça Federal, a juíza federal Maria Isabel do Prado, titular da 5a Vara Federal Criminal de São Paulo, determinou a notificação dos 14 acusados para que apresentem "respostas escritas no prazo comum de 15 (quinze) dias" à denúncia do MPF.

A medida, diferente do recebimento da denúncia, é prevista pelo artigo 514 do código de processo penal, que prevê a notificação do acusado e o envio da resposta à acusação por escrito antes de o juiz apreciar o recebimento da denúncia de fato. Esse procedimento é aplicado geralmente quando os acusados são servidores públicos ou ocupam/vam funções públicas.

Sem prejuízo de uma eventual rejeição da denúncia, visando acelerar o processo, uma vez que há investigados presos preventivamente no caso, a juíza agendou para os próximos dias 3, 12 e 14 de setembro os depoimentos das testemunhas de acusação.

Na mesma decisão, a JF confirmou o pedido do Ministério Público Federal para a continuidade das investigações relativas aos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Também foi confirmada a manutenção das prisões preventivas do ex-presidente da Dersa, Laurence Casagrande Lourenço, e do ex-diretor de engenharia da empresa, Pedro da Silva.

Acusados e crimes – Além de Laurence Casagrande e Pedro da Silva, que foram denunciados, cada um, por sete fraudes à licitação, falsidade ideológica e associação criminosa, e já se encontravam afastados de suas funções públicas, foram denunciados pelo MPF:

Adriano Francisco Bianconcini Trassi (Dersa) -  organização criminosa*;
Benedito Aparecido Trida (Dersa) -  fraude à licitação, falsidade ideológica e organização criminosa*;
Edison Mineiro Ferreira dos Santos (Dersa) - fraude à licitação, falsidade ideológica e organização criminosa*;
Pedro Paulo Dantas do Amaral (Dersa) - sete fraudes à licitação e organização criminosa*;
Daniel de Souza Filardi Júnior (Mendes Júnior) – fraude à licitação e organização criminosa**;
Márcio Aurélio Moreira (Mendes Júnior) – falsidade ideológica e organização criminosa**;
Enrique Fernandez Martinez  (Isolux-Corsan) – fraude à licitação, falsidade ideológica e organização criminosa**;
Carlos Henrique Barbosa Lemos (OAS) – duas fraudes à licitação, falsidade ideológica e organização criminosa**;
Silvia Cristina Aranega Menezes (Dersa) - sete fraudes à licitação previstas, falsidade ideológica praticada e organização criminosa**;
Benjamim Venâncio de Melo Júnior (Dersa) - sete fraudes à licitação, falsidade ideológica e organização criminosa**;
Carlos Prado Andrade (Dersa) – fraude à licitação e organização criminosa**;
Hélio Roberto Correa (Dersa) – organização criminosa**.
* Estavam afastados de suas funções públicas desde 29/07/2018
** Afastados de suas funções conforme a decisão desta segunda-feira, 13/08/2018

Agosto Laranja chama atenção para a esclerose múltipla

No mês de celebração do Dia Nacional de Conscientização da Esclerose Múltipla, a associação Amigos Múltiplos pela Esclerose (AME) promove diversos eventos para informar e conscientizar a sociedade sobre a convivência com a doença. Entre as ações está o Pedale por uma Causa, realizado simultaneamente em nove cidades
 Trinta de agosto marca o dia Nacional de Conscientização da Esclerose Múltipla, data estabelecida pela Lei nº 11.303 para dar visibilidade à doença neurológica que afeta 40 mil pessoas no Brasil e 2,5 milhões em todo o planeta.
Durante todo o mês, a associação Amigos Múltiplos pela Esclerose (AME) promove o Agosto Laranja, com uma série de eventos, debates, seminários e reuniões, online e presenciais, para ampliar o conhecimento da população sobre essa patologia autoimune que atinge o sistema nervoso central, principalmente de jovens adultos.
"Imagine que você precisa usar o computador, mas as letras estão embaralhadas e, apesar de você saber o que precisa escrever, as frases não se completam. Ou que sua visão ficou embaçada, como se tudo estivesse envolto por uma fumaça branca", exemplifica o neurologista Denis Bichuetti, professor adjunto da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e membro da equipe multidisciplinar da AME. "De repente, suas pernas pesam e o chão parece substituído por uma manta elástica, esburacada, que rouba o seu equilíbrio. Uma garrafa de água gelada, nas suas mãos, está quente".
Não se sabe a causa e ainda não há cura. "O diagnóstico precoce e o tratamento certo podem trazer resultados eficazes e qualidade de vida. Manter o uso do remédio correto por mais de 80% do tempo minimiza os efeitos da Esclerose Múltipla", afirma o neurologista.
A quarta edição do Pedale por uma Causa, passeio de bicicleta organizado simultaneamente em nove cidades, acontecerá no dia 26 de agosto. Desta vez, o encontro será em Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC), João Pessoa (PB), Porto Alegre (RS), Santa Maria (RS), Rio de Janeiro (RJ), Santo André (SP), Santos (SP) e São Paulo (SP). As inscrições estão já abertas. Só no ano passado, o Pedale por uma Causa reuniu, aproximadamente, 1.000 pessoas em oito municípios.
Curiosidade - A cor laranja remete à alegria, vitalidade, prosperidade e ao sucesso. Representa a juventude e a vida. Para apoiar o Agosto Laranja, qualquer pessoa pode vestir uma roupa laranja, pintar uma parte do corpo, iluminar um prédio público, mandar uma imagem para contato@agostolaranja.org.br e publicar nas redes sociais com a hashtag #AgostoLaranja.
A esclerose múltipla é a doença autoimune do sistema nervoso central (cérebro e medula espinhal) que mais acomete jovens adultos no mundo inteiro. Não se sabe o que causa da doença. Ainda não há cura, mas existem muitos tratamentos eficazes. Seus principais sintomas são: fadiga, problemas de visão (diplopia, neurite óptica, vista embaçada), problemas motores (perda de força ou função; perda de equilíbrio), alterações sensoriais (formigamentos, sensação de queimação). A especialidade médica que diagnostica e trata a Esclerose Múltipla é a neurologia.
A Amigos Múltiplos pela Esclerose (AME) é uma organização sem fins lucrativos, que tem como missão divulgar a esclerose múltipla, promover a conscientização e dar apoio a pessoas que convivem com a doença. A AME trabalha para fortalecer o diagnóstico precoce e defende o tratamento adequado e para ampliar a qualidade de vida de pacientes, seus amigos e familiares.

Fiduma & Jeca é atração confirmada na 63ª Festa do Peão de Barretos

Dupla se apresenta dia 24 de agosto
Fiduma & Jeca, a dupla de São José do Rio Preto, se apresenta no dia 24 de agosto na 63ª edição da Festa do Peão de Barretos, uma das maiores festas de boiadeiro do país.
Os dois, que são conhecidos pela irreverência musical e em suas apresentações, sobem ao palco no mesmo dia em que Jorge & Mateus, Maiara & Maraísa, Matheus & Kauan, Alok, e outros.
No repertório, a dupla irá apresentar sucessos como “Anjo Chapadex”, “Que susto”, ”Bagunçando as Avenidas”, “99%” e “Skol Beats”, que foi o primeiro single da dupla no mais recente DVD “Ah Se os Pais Soubessem”.
Os ingressos já estão disponíveis para venda através da Total Acesso e variam de acordo com o setor escolhido.
Fiduma & Jeca, que se apresentam pela 5ª vez consecutiva evento, trabalham atualmente o single Chifre Detox que tem mais de 1 milhão de acessos no Youtube. 
Confira: https://www.youtube.com/watch?v=50iPwRf5TFI

Semana do Aleitamento é comemorada na Santa Casa de Fernandópolis


A Santa Casa de Fernandópolis, por meio da equipe multiprofissional que compõe o GTH (Grupo de Trabalho de Humanização), realizou a Semana do Aleitamento Materno, comemorada de 1 a 7 de agosto.
Com o envolvimento dos setores materno-infantil e de fonoaudiologia, foram realizadas ações para orientação e conscientização das mães e familiares. "Rotineiramente procuramos sempre orientar tanto as mães, quanto os acompanhantes, esclarecendo alguns mitos e passando dicas sobre os cuidados que as mães devem ter, quanto a alimentação e as formas corretas da amamentação, mas nessa data buscamos ressaltar a importância que esse gesto tem tanto para a mãe, quanto para o bebê", destacou a enfermeira Márcia Samartino Ozório.

Além de receberem as orientações, as mães ganharam uma lembrança, confeccionada pelas colaboradoras do Hospital, remetendo ao amor de mãe. As colaboradoras da Santa Casa também participaram das ações.

O leite materno é um alimento completo. Isso significa que, até os 6 meses, o bebê não precisa de nenhum outro alimento. Ele é de mais fácil digestão do que qualquer outro leite e funciona como uma vacina, pois é rico em anticorpos, protegendo a criança de muitas doenças como diarreia, infecções respiratórias, alergias, diminui o risco de hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade. 

A amamentação favorece um contato mais íntimo entre a mãe e o bebê. Sugar o peito é um excelente exercício para o desenvolvimento da face da criança, ajuda a ter dentes bonitos, a desenvolver a fala e a ter uma boa respiração. 

"Nós recebemos as mães e seus acompanhantes para incentivá-los a dar o que há de melhor para seus filhos: o leite materno. Destacamos a eles sobre a interação que esse ato gera entre a mãe e os filhos e sobre o direito que todas tem de amamentar seus filhos em qualquer ambiente", conta a fonoaudióloga Milene Pereira Fonseca.

BENEFÍCIOS PARA O BEBÊ
O leite materno protege contra diarreias, infecções respiratórias e alergias. Diminui o risco de hipertensão, colesterol alto e diabetes, além de reduzir a chance de desenvolver obesidade. Crianças amamentadas no peito são mais inteligentes, há evidências de que o aleitamento materno contribui para o desenvolvimento cognitivo.

BENEFÍCIOS PARA A MÃE
Reduz o peso mais rapidamente após o parto. Ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, diminuindo o risco de hemorragia e de anemia após o parto. Reduz o risco de diabetes. Reduz o risco de desenvolvimento de câncer de mama e de ovário. Pode ser um método natural para evitar uma nova gravidez nos primeiros 6 meses desde que a mãe esteja amamentando exclusivamente (a criança não recebe nenhum outro alimento) e em livre demanda (dia e noite, sempre que o bebê quiser) e ainda não tenha menstruado.

domingo, 12 de agosto de 2018

Sesc Rio Preto realiza festa homenagem aos 60 anos de Madonna

O evento conta com a presença da mc Aretha Sadick, do Dj Johnny Luxo, do Dj Zé Pedro, além de desfile de looks inspirados em Madonna e vivência em vogue

Link para fotos: http://bit.ly/FotosMadonna
 
 Madonna completa 60 anos no dia 16 de agosto e, durante todo o mês, o Sesc Rio Preto tem se debruçado sobre sua figura emblemática para compreender uma nova configuração da velhice. O projeto Madonna, Sexagenária grita pelodireito de ser velho e de viver de maneira livre, inspirando-se em momentos marcantes da carreira da cantora e em seus desdobramentos no tempo presente, quando ela já lida com o rótulo do velho e suas imposições.
           
Na semana em que completa 60 anos a programação do projeto traz atividades como exibições de vídeos, oficinas, cursos e uma grande festa em homenagem a artista. 
 
As atividades iniciam no dia 14, terça-feira, com a oficina Na Moda com Madonna ministrada por Luiz Pita, estilista cuiabano que tem como ponto alto de sua criação looks excêntricos com forte presença de formas geométricas. Na atividade os inscritos poderão criar seis looks atuais inspirados em Madonna e ao término organizarão um desfile que irá compor a grande festa homenagem à artista. Os interessados precisam efetivar antecipadamente sua inscrição, diretamente no portal do Sesc Rio Preto.
 
            Ainda na terça, o público pode revisitar um dos grandes sucessos cinematográficos, Na cama com Madonna, (EUA, 1991). O documentário, que mostra a vida da cantora durante uma de suas turnês Blond Ambition Tour, teve a sétima maior bilheteria de um documentário e a terceira maior bilheteria de um musical. Ao término da exibição, um bate-papo com Mariana Lins. A Mestre em Comunicação fala sobre questões como as provocações ao catolicismo, a relação com a cultura homossexual, além de outros fatos envolvidos na turnê.
           
No dia 16, quinta-feira, a Oficina de Vogue orientada por Ákira Avalanx, dançarina e "pai" da House Avalanx, tem por objetivo ampliar o repertório e dar maior mobilidade aos modelos que desfilarão na passarela da festa homenagem. 
           
Para encerrar o dia 16, data em que se comemora os 60 anos da rainha pop, uma grande Festa Homenagem reunirá, em uma passarela, os looks criados pelos participantes da oficina de moda e os integrantes da oficina de vogue e os bailarinos da House of Avalanx em uma performance. O evento conta com a presença da mc Aretha Sadick, do Dj Jonnhy Luxo e do Dj Zé Pedro, que prometem relembrar os 35 anos de carreira da artista.
 
            Já no dia 17, sexta-feira, a artista visual Manuela Eichner, a coreógrafa e performer Elisabete Finger e a diretora de fotografia Aline Belfort, conduzem a oficina Borderline, Entre a Dança e o Videoclipe, em que os participantes roteirizam, coreografam e gravam um vídeo clipe, inspirados no legado de Madonna.
 
Programação
 
Programação DA SEMANA DE 14 A 19/8Madonna, Sexagenária
EXIBIÇÃO
Na cama com Madonna
Direção: Alek Keshishian.
EUA: 1991, 131 min.
Após exibição bate-papo com Mariana Lins.
A tradução literal do título original, verdade ou consequência, define o clima do documentário que nos apresenta o universo Madonna: a polícia no Canadá, o veto papal de shows na Itália, o relacionamento com Warren Beaty, as provocações ao catolicismo, a relação com a cultura homossexual e as brigas com a equipe. Retirada de ingressos com 1h de antecedência.
Dia 14, terça, 20h.
Teatro. 228 lugares. Grátis.
 
Na moda com Madonna
Com o estilista Luiz Pita.
Quem não se lembra do icônico sutiã de cone ou da legging de renda usados por Madonna? Ao longo de sua carreira, a multiartista foi capaz de influenciar e transformar a forma de se vestir e se relacionar com a moda. A atividade estimula e orienta os participantes na criação de peças de roupas para compor seis 'looks' atuais inspirados na popstar. Inscrições na Central de Atendimento ou pelo site sescsp.org.br/riopreto.
De 14 a 16, terça a quinta, 14h às 18h.
Expressão Artística. Grátis.

OFICINA
Vogue
Com Ákira Avalanx, dançarina.
A dança surgida a partir das poses de modelos nos editoriais de moda da revista vogue foi popularizado pelos bailarinos nos clipes de Madonna. Esta aula usa o vogue como base para os modelos repertório e de maior mobilidade na passarela. Inscrições na Central de Atendimento ou pelo site sescsp.org.br/riopreto.
Dia 16, quinta, 14h às 17h.
Expressão Corporal. 20 vagas. Grátis.
 
SHOW
ARETHA SADICK
A multiartista Aretha Sadick será a mestre de cerimônia da noite do aniversário de Madonna, apresentando e comentando as atrações.
Aretha arremata com canções de Grace Jones que cruzaram e marcaram sua história e influenciaram o repertório da Rainha do Pop.
Dia 16, quinta, 19h.
Comedoria. Grátis.
 
Johnny Luxo
Conhecido da cena desde os anos 90, Johnny Luxo ganhou reconhecimento nacional como DJ pela irreverência dos seus sets e pelos figurinos marcantes. Nesta apresentação dedica o seu repertório inconfundível aos sucessos de Madonna que fizeram histórias nos clubs.
Dia 16, quinta, 19h.
Comedoria. Grátis.
 
PERFORMANCES
Vogue
Com House of Avalanx.
Inspirados pela performance dos bailarinos dos clipes do álbum I'm Breathless, e das personagens do documentário Paris is Burning, bailarinos e participantes da oficina "Vogue Perfomance" apresentam seus figurinos, dançam e convidam o público para entrar no clima e se jogar na pista.
Inscrições no local.
Dia 16, quinta, 21h.
Comedoria. Grátis.
 
SHOWS
DJ Zé Pedro
DJ Zé Pedro aka José Pedro Selistre, transita por brasilidades e pela disco music, dos clássicos das décadas passadas até a house music atual. Sua ligação com Madonna começou cedo, nos anos 80 e o acompanha até hoje quando toca os maiores hits da cantora com remixes especiais.
Dia 16, quinta, 21h.
Comedoria. Grátis.
 
oficina
Borderline, entre a dança e o videoclipe
Com Manuela Eichner na concepção, Elisabete Finger e Manuela Eichner na criação e coreografia e Aline Belfort no vídeo.
Com sua atitude, sua música e seu estilo, Madonna alargou os limites do pop. A oficina conduz os participantes a roteirizar, coreografar e gravar um videoclipe com inspiração nesse legado da rainha do pop. Inscrições no local.
Dia 17, sexta, 15h às 19h.
Dias 18 e 19, sábado e domingo, 14h às 19h.
Teatro. 20 vagas. Grátis.


sábado, 11 de agosto de 2018

Junji é o escolhido do cooperativismo

Dirigentes de cooperativas ligadas aos mais diversos ramos de atividade manifestam integral apoio da categoria para reconduzir o deputado federal Junji Abe ao cargo, nas próximas eleições
 




Em evento coordenado pelo Sistema Ocesp – Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo, o deputado federal Junji Abe (MDB-SP) foi oficialmente declarado, pela terceira vez consecutiva, “candidato do cooperativismo paulista” à Câmara Federal. A indicação ocorreu na noite desta sexta-feira (10/08/18), durante a celebração do 20º Aniversário do Sescoop/SP – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado de São Paulo.
Marcado pela assinatura da “Carta de Compromisso com o Cooperativismo nas Eleições 2018”, o evento reuniu mais de 1 mil dirigentes de cooperativas dos vários setores de atividades e municípios do Estado, além de autoridades paulistas, no Clube Hebraica, em São Paulo. “Precisamos continuar contando com representação política de primeira linha, na pessoa do Junji, para garantir a implantação de políticas públicas adequadas ao sistema cooperativista e viabilizar os avanços necessários ao segmento”, declarou Edivaldo Del Grande, presidente do Sistema Ocesp, que também comanda o Sescoop/SP.
Desde que chegou ao Congresso Nacional, em 2011, Junji integra a Frencoop – Frente Parlamentar do Cooperativismo. Foi diretor sindical e coordenador do Ramo de Trabalho no colegiado. Figuram entre as suas batalhas a aprovação de projetos que disciplinam a adequação do ato cooperativo, o apropriado tratamento tributário ao setor, equiparação do regime tributário a todos os ramos do cooperativimo, fim da incidência do PIS/Pasep e da Cofins sobre o faturamento bruto das cooperativas, além da regulamentação das cooperativas de trabalho, habitacionais, de transporte e de eletrificação rural, entre outras cruzadas.
Importante conquista foi a rejeição, pela CDU – Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados do projeto de Lei (80/2011), que permitia aos condomínios a aquisição de personalidade jurídica, com efeitos catastróficos sobre os condôminos, vítimas do aumento de despesas decorrentes da transformação. O colegiado acolheu parecer contrário de Junji, relator da matéria posteriormente sepultada. 
Uma das grandes cruzadas de Junji na atualidade, assinalou Del Grande, é a defesa do Sistema S, que inclui o Sescoop, aniversariante da noite, responsável pela formação profissional, promoção social e monitoramento das cooperativas. Depois de conseguir enterrar a ideia de incluir a arrecadação de contribuições ao Sistema S num fundo geral da União para posterior repasse às entidades, ele está às voltas com um projeto (10.372/2018) que tem o propósito de aperfeiçoar o combate a todo tipo de crime, assim como agilizar e modernizar a investigação criminal e a persecução penal. Porém, embute dispositivo mortal para a série de serviços prestados pelas instituições do Sistema S: retira 25% da arrecadação do Sistema S para financiar a segurança pública.
Se aprovada como está, a proposta inviabilizaria ações desenvolvidas pelo Sescoop e demais organizações mantidas com as contribuições de empresas privadas ao Sistema S. Com o apoio do deputado federal Baleia Rossi (SP), líder emedebista na Câmara dos Deputados, presente à solenidade, Junji foi indicado para compor a Comissão Especial da Casa, encarregada de analisar a matéria.
A seleção do time de representantes políticos do cooperativismo ocorreu em regiões regionais promovidas pelo Sistema Ocesp para detectar os pré-candidatos a deputado federal e ao Legislativo paulista com perfil de atuação mais incisiva em defesa do setor. O apoio dado independe do partido e da respectiva bandeira ideológica, como explicou Del Grande. Para ele, a história de vida de Junji o credencia como candidato do cooperativismo. “A cultura do cooperativismo e do associativismo está na formação dele que sempre defendeu as causas do movimento, muito antes de disputar sua primeira eleição”, emendou, após apresentação multimídia com os destaques do trabalho pró-cooperativismo desenvolvido pelo deputado, desde que era jovem liderança rural e não cogitava ingressar na vida pública.
Numa iniciativa inédita, Junji apresentou e teve acolhida pelo governo federal uma emenda parlamentar que beneficia toda corrente produtiva de flores e plantas ornamentais, do produtor ao consumidor. A observação partiu de Del Grande. Ele se referiu ao repasse de R$ 200 mil à Ocesp para realização do estudo que subsidia as ações para dinamizar a estrutura produtiva, principalmente por meio de cooperativas, ampliar o consumo interno e incentivar as exportações.
Também ganhou destaque o avanço representado pela aprovação, na Câmara dos Deputados, do projeto de Lei (4937/2013), de autoria de Junji, que dispensa os cultivares de flores e plantas ornamentais, de domínio público, da obrigatoriedade de inscrição no RNC – Registro Nacional de Cultivares do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Falta apenas o aval do Senado para a proposta virar lei.
Emocionado, Junji assinou o termo de compromisso com a categoria, evidenciando sua convicção de que “o arranjo cooperativista é mais que um sistema econômico, porque se propõe a fazer uma reforma social dentro do capitalismo, estabelecendo-se como o alicerce de uma sociedade igualitária onde as forças do capital e do trabalho tenham equilíbrio para o bem-estar geral”. As engrenagens, definiu, são a ação conjunta e ajuda mútua na busca de um resultado útil e esperado por todos.
Igualmente escolhido pelo setor em 2010 e 2014, o deputado enalteceu a iniciativa do Sistema Ocesp, “primeiro grupo classista que se se conscientizou da importância de contar com um braço político e se propôs a definir seus apoiados, desenvolvendo ampla campanha em favor dos apoiados” para o Congresso e para a Assembleia Legislativa. Del Grande rememorou o posicionamento do presidente da OCB – Organização das Cooperativas Brasileiras, Márcio Lopes de Freitas, sobre a necessidade de participação efetiva no processo eleitoral, mobilizando a categoria para votar nos candidatos do cooperativismo, visando fortalecer a defesa das causas do setor. “Não falo apenas dos dirigentes, mas das bases. Espalhem o apelo cooperativista para voto no deputado federal Junji Abe”, reiterou.
Satisfeito com a indicação de Junji Abe como candidato do cooperativismo à Câmara dos Deputados, Américo Utumi, assessor da Presidência do Sescoop, lembrou dos tempos em que os dois batalharam juntos para convencer o governo federal a desistir de tabelar produtos hortigranjeiros. “Brigamos muito e, por fim, vencemos. O Junji sempre foi grande liderança na defesa da agricultura, do pequeno produtor e do cooperativismo. Queremos muito que ele permaneça no Congresso para continuar defendendo a agricultura e as causas cooperativistas”.
Ao discursar para a plateia de lideranças paulistas, Del Grande chamou a atenção para a responsabilidade do voto no dia 7 de outubro. “Eleger pessoas comprometidas com as nossas causas é a melhor homenagem que podemos prestar ao cooperativismo”, conclamou, intensamente aplaudido no evento que incluiu presenças ilustres, como o governador Márcio França (PSB) e o pré-candidato ao governo paulista Paulo Skaf (MDB), presidente licenciado do Sistema Fiesp/Ciesp – Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo, além do secretário estadual da Agricultura e Abastecimento, Francisco Sérgio Ferreira Jardim, de Rinaldo Ikemori e Guiichi Arai, respectivamente, presidente e vice-presidente da CERMC –  Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento da Região de Mogi das Cruzes – terra natal de Junji, entre outros.
Alma cooperativista
A cultura do cooperativismo e do associativismo está na formação de Junji como ser humano. Nasceu em meio agrícola. Pertence à terceira geração da família Abe na agricultura. Aos 26 anos, já presidia a Associação de Biritiba e Capela os dois maiores pólos produtores de hortigranjeiros do Cinturão Verde do Alto Tietê.  Ainda jovem, foi diretor do Sindicato Rural de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, entidade que viria a presidir por 20 anos consecutivos. Em igual período, integrou a cúpula de comando da Faesp – Federação da Agricultura do Estado de São Paulo.
Como vereador (1973-1976), eleito com a maior votação da história de Mogi das Cruzes – 13% do colégio eleitoral, completou a missão de implantar o primeiro sistema cooperativo de telefonia rural do Brasil, com mais de mil terminais em quatro municípios. A iniciativa se deu em 1975, via Cooperativa Rural de Telecomunicações de Mogi das Cruzes, fundada e presidida por ele. Nos anos seguintes, o modelo inspirou dezenas de outras similares no País.
Dono de um histórico de mais de 50 anos como líder rural de entidades representativas em nível federal e estadual, foi dirigente das cooperativas agrícolas Cotia (CAC), Sul Brasil e também da Avícola Mista Itapeti – todas da Regional Mogi das Cruzes, liquidadas entre as décadas de 1980 e 1990 pela escalada inflacionária que gerou dívidas impagáveis junto aos bancos.
Na época, conheceu e passou a conviver com ícones do cooperativismo, como o saudoso Antônio Rodrigues Filho, ex-presidente da Ocesp, e Gervásio Inoue, no comando da CAC – Cooperativa Agrícola de Cotia. Eles sabiam da importância da representação política do cooperativismo para garantir a implantação de políticas públicas adequadas ao sistema e viabilizar os avanços necessários ao segmento. E atuavam pesado na conscientização das bases para eleição de políticos comprometidos com a causa cooperativista.
A filosofia foi seguida à risca por Roberto Rodrigues, um dos mais renomados especialistas em cooperativismo no planeta, e seus abnegados discípulos: Márcio de Freitas, presidente da OCB; Américo Utumi; e o combativo Edivaldo Del Grande, presidente do Sistema Ocesp que Junji classifica como “um guerreiro voraz na defesa do setor”.
A partir da juventude e ao longo da jornada na vida pública, como deputado estadual (1991-2000), prefeito de Mogi das Cruzes (2001-2008) e no segundo mandato como deputado federal (assumiu em 21 de fevereiro de 2018), Junji teve a oportunidade de conviver mais e aprender muito com os baluartes do cooperativismo. Tantas lições recebidas só consolidaram nele a devoção ao sistema cooperavista. Atualmente, é cooperado da Veiling Holambra como um dos grandes produtores de orquídeas do Estado de São Paulo.
 

 
 
 
 

Senac Votuporanga traz especialistas para 1ª Feira e Congresso de Turismo Maravilhas do Rio Grande


Evento gratuito acontece nos dias 17, 18 e 19 de agosto e tem como objetivo fomentar o turismo regional
 
O Senac Votuporanga está trazendo grandes nomes do turismo no Estado de São Paulo para a 1ª Feira e Congresso de Turismo Maravilhas do Rio Grande, que acontece nos dias 17, 18 e 19 de agosto, no Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, em Votuporanga. As inscrições para participar do evento são gratuitas e podem ser realizas pelo site da prefeitura: www.votuporanga.sp.gov.br.
Dos sete palestrantes que participarão do evento, quatro são do Senac São Paulo: Evandro Ferreira e Pollyana Scalfi, docentes do Senac Votuporanga; Jorge Duarte, coordenador do Programa de Desenvolvimento e Regionalização do Turismo; e Valéria Andrade de Thomaz, docente do Senac Jundiaí.
Os especialistas falarão sobre temas como Regiões Turísticas Alternativas e Potencialidades, Regionalização e Desenvolvimento do Turismo, Implementação de Roteiros Regionais e Ética nos Conselhos Municipais. Em meio às atividades, Pollyana Scalfi, docente de gastronomia do Senac Votuporanga, também fará uma aula show com duração de duas horas.
“O Senac é grande referência na área de turismo. Considerando a expansão e a importância do turismo no setor produtivo da economia regional e como Votuporanga foi a cidade escolhida para sediar o evento, nossa unidade entra na parceria, contribuindo no planejamento, organização e realização, assim como participará de articulações conjuntas ajudando os municípios a fortalecerem e profissionalizarem seus potenciais”, destaca Eliane Baltazar Godoi, gerente do Senac Votuporanga.
Dentro da programação ainda estão previstas apresentações de canto e dança, além da feira composta por estandes dos 11 municípios da Região Turística Maravilhas do Rio Grande (Cardoso, Fernandópolis, Guarani D’Oeste, Indiaporã, Meridiano, Mira Estrela, Ouroeste, Pedranópolis, Populina, Riolândia e Votuporanga). Na ocasião, o público poderá conhecer os potenciais turísticos, culturais e históricos existentes em cada uma dessas cidades.
O presidente e a vice-presidente da Associação dos Municípios de Interesse Cultural e Turístico (Amitur), Jarbas Favoretto e Dra. Cíntia Möller Araújo; e o diretor técnico da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, Vanilson Flickert, também trarão panoramas e conhecimentos em relação ao turismo.
“Nosso objetivo é fomentar o turismo regional, mostrando múltiplas possibilidades de roteiros e destinos presentes nos municípios conectados pelo Rio Grande”, ressalta Maria Aureliana, presidente do Fórum Região Turística Maravilhas do Rio Grande.
O evento acontece de 17 a 19 de agosto, no Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, localizado na Avenida Francisco Ramalho de Mendonça, 3.112 – Jardim Alvorada. Os interessados podem conferir a programação completa e realizar as inscrições gratuitamente pelo site da prefeitura: www.votuporanga.sp.gov.br. Mais informações pelo telefone (17) 3405-9670.
 
Região Turística Maravilhas do Rio Grande
A Região Turística Maravilhas do Rio Grande surgiu da necessidade de agrupar cidades que tinham como atrativo turístico em comum o Rio Grande. Hoje conta com 11 municípios: Cardoso, Fernandópolis, Guarani D’Oeste, Indiaporã, Meridiano, Mira Estrela, Ouroeste, Pedranópolis, Populina, Riolândia e Votuporanga.
O intuito é desenvolver projetos específicos por meio de uma nova concepção em fazer e desenvolver o turismo, buscando parcerias e estimulando investimentos para incentivar e integrar os diversos setores envolvidos no processo.
 
Realização
A 1ª Feira e Congresso de Turismo Maravilhas do Rio Grande é realizada pelo Governo do Estado de São Paulo, Senac Votuporanga em conjunto com os municípios de Cardoso, Fernandópolis, Guarani D’Oeste, Indiaporã, Meridiano, Mira Estrela, Ouroeste, Pedranópolis, Populina, Riolândia e Votuporanga. Tem o apoio da Anitur Agência de Turismo, Associação dos Municípios de Interesse Turístico (Amitur) e Café Terra Nobre.
 

Mauro Beting comanda show de bola em Camarote no Allianz

O portal Nosso Palestra inicia neste Dia dos Pais uma parceria com o Camarote FanZone by Jack Daniel's . O jornalista esportivo Mauro Beting, dos canais Turner, Rádio Jovem Pan e UOL, um dos proprietários do portal da torcida palmeirense, estará no camarote antes do jogo contra o Vasco para entrevistar convidados especiais como o volante Amaral, campeoníssimo pelo Palmeiras. Os papos sobre o Verdão estarão disponíveis nas redes sociais do camarote e do portal Nosso Palestra, que iniciam neste domingo uma promoção de eventos e, em breve, de engajamento dos torcedores.
- A experiência no Allianz Parque é única. Não só como palmeirense há 51 anos, mas também como jornalista esportivo há 28. E a nossa tabelinha será ainda melhor com várias iniciativas para integrar e entreter ainda mais quem assistir com a gente aos jogos no Camarote Fanzone. Só tem clássico no espaço que é tão legal que pode ser melhor do que o próprio jogo (só não é melhor que o Palmeiras) - diz o jornalista, filho de Joelmir Beting (nome da sala de entrevistas do Allianz Parque).
Em todas as partidas no estádio, jornalistas do Nosso Palestra como Mauro Beting, Alex Müller e equipe do portal estarão no camarote antes das partidas.

Ginásio Poliesportivo Adílson Néris, é inaugurado após seis anos

Seis anos após ser licitada, a obra de construção do Ginásio Poliesportivo Adilson Néris, construído no Conjunto Habitacional José Antônio Caparroz Bogaz (JACB), ao lado da Escola Municipal Professora Iracema Pinheiro Candeo – Lola foi finalmente concluído

Na manhã da quinta-feira, dia 9 de agosto, a diretora da escola Lola, Magneir de Souza Oliveira de Paula, a coordenadora Marilene Valério Soares, professores, alunos e pais, receberam o prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, a secretária municipal de Educação, Lourdes Marcondes Rezende, o diretor de divisão da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo, João Roberto da Rocha, o Porquinho, o presidente da Câmara Municipal de Jales, Vagner Selis, os vereadores Bismark Kuwakino e João Zanetoni e os familiares do homenageado com o nome do Ginásio, a esposa de Adilson Néris, Rosimeire Romano Néris e o filho Vinícius Néris para uma visita ao espaço.

A seleção do município para receber o ginásio aconteceu em 2008, a obra foi licitada em 2012, mas somente na atual administração o projeto foi concluído e entregue à população. Através do Programa Esporte e Lazer na Cidade, do Ministério do Esporte, foi possível construir o ginásio poliesportivo em um terreno de 1.649,27 metros quadrados, com área construída de 976,45 m².

O espaço será utilizado para a prática de esportes dos alunos da escola Lola e também para esporte recreativo e lazer da comunidade. Antes que o prefeito Flá determinasse a retomada da obra, o atraso da construção em outras administrações foi tema de questionamento por parte da população e até de vereadores.

"Não tinha como deixar de dar a atenção merecida para um projeto desses que vai proporcionar esporte e lazer para crianças, adolescentes e adultos, contribuindo para formar cidadãos de bem, com saúde e qualidade de vida. É um absurdo nosso município ter sido selecionado em 2008 para receber esse Ginásio, a obra ter sido licitada em 2012 e ter sido concluída em 2018. Por isso decidi concluir obras inacabadas em minha gestão e conseguimos inaugurar três unidades de saúde e uma escola, além de dar andamento em outras obras que estavam paralisadas. Que este lugar possa servir de incentivo para que muitas pessoas possam praticar atividades esportivas e que a escola Iracema Pinheiro Candeo e toda a comunidade possam fazer bom uso desse local que ficou muito bonito e funcional", disse o prefeito.

A diretora Magneir frisou que "hoje estamos felizes em ver o ginásio concluído e pronto para atender à demanda de nossa escola. Nós temos aqui na Lola mais de 190 crianças que vão utilizar o ginásio, além das cerca de 62 crianças da EMEI Professora Diva Maciel Jorge, vinculada à nossa escola que também vão utilizar este belo espaço. Quero agradecer ao prefeito Flá que não mede esforços para proporcionar educação de qualidade para nossa cidade".

Homenagem - O Ginásio Poliesportivo do Jacb recebeu o nome de Adílson Néris, eletricista por profissão, prestou relevantes serviços ao município e à comunidade, principalmente na área do esporte.

Adilson nasceu em Palmeira d’Oeste, em 27 de dezembro de 1955. Casou-se no ano de 1990, na Paróquia São José Operário, em Jales com Rosimeire Romano Néris, com quem teve dois filhos, Vinicius e Igor.

"Minha família ficou muito feliz com essa justa homenagem, afinal achamos merecida essa denominação do ginásio com o nome do meu pai, uma pessoa que participou ativamente do esporte jalesense, através da diretoria de escolinhas de futebol e também como participante e algumas modalidades representando nossa cidade. Gostaria de agradecer ao vereador Bismark, autor da indicação, e ao prefeito Flá que atendeu essa indicação e por fim denominou o Ginásio Poliesportivo Adilson Néris, essa importante obra que está sendo entregue para toda a comunidade do Jacb e adjacências", disse o filho do homenageado, Vinícius Néris.

1º Campeonato Infantil será realizado durante o mês de agosto em Jales

O 1º Campeonato Infantil, idealizado para reunir atletas com idades entre 12 e 16 anos, teve inicio na terça-feira (07), no Ginásio Municipal de Esportes Waldemar Lopes Ferraz.

O evento reúne modalidades como voleibol feminino, handebol, futsal, basquetebol feminino e masculino, e ginástica rítmica, e conta com o apoio da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Esportes, Cultura e Turismo.

O campeonato foi criado em substituição às "Copinhas" que foram extintas neste ano de 2018. Tem a finalidade de desenvolver o intercambio social, o incentivo à prática de várias modalidades esportivas objetivando a melhora do condicionamento físico, a técnica e tática desportiva e o surgindo de novos atletas.

Na primeira rodada na noite de terça-feira (7), Jales (foto acima-vermelha) foi representada pela equipe de voleibol feminino da Escola Municipal Juvenal Giraldelli, que jogou contra a equipe de Urânia. O resultado final foi de 2 x 0 para Urânia (foto ao lado-lilás).

Os outros jogos do 1º Campeonato Infantil continuarão durante o mês de agosto.

Os vencedores da fase sub-regional e da regional serão classificados para a Final Estadual que será realizado nos dias 11 a 20 de outubro, na cidade de Jundiaí.

Basquete de Jales derrota Monte Líbano

Pela equipe jogaram e pontuaram: Gustavo Silva, Glauber Cavenague, Paulo Silva (19), Osvaldo Landin Jr. (9), Carlos Souza (13), Davilson Augusto (5), Sérgio Amorim, Adagoberto Navarro, Fábio Galan, André Jesus (14) e Alessandro Santos.




No sábado, 4 de agosto, às 14h30, a equipe de Basquete Master de Jales (40+) entrou em quadra pela 6ª rodada da III Copa Monte Líbano de Basquetebol, a Liga Regional de Basquetebol Master.


Jales jogava pela sua reabilitação na competição, pois, mesmo estando, até então, à apenas um ponto dos líderes, ocupava a quinta posição na tabela enquanto a equipe adversária, anfitriã da competição, Monte Líbano, era uma das quatro equipes empatadas na primeira colocação. A equipe jalesense, que é a atual vice-campeã do torneio, contava com 3 vitórias e 2 derrotas.

A equipe de Jales entrou em quadra com vistas a obter a vitória a qualquer custo e assim se manteve durante toda a partida: permaneceu bem postada na defesa e começou o jogo atacando com eficiência. Resultado do primeiro quarto: 20 x 14 para Jales. No segundo quarto a equipe de Jales pontuou menos, mas não permitiu que o adversário também pontuasse: 12 a 9 para Jales e resultado do primeiro tempo da partida fechado em Jales 32 x 23 Monte Líbano.

No terceiro quarto a diferença se manteve: Jales anotou 15 pontos no ataque e permitiu que o adversário fizesse 12 pontos. Já no último quarto Jales anotou 13 pontos e permitiu que o adversário convertesse 12, dando números finais à partida em 60 x 47 para a equipe jalesense.

Com a vitória a equipe de Jales, que tem a melhor defesa e o terceiro melhor ataque da competição, pula para a 3ª posição na tabela e tem chances de terminar a fase de classificação na primeira colocação. Para isto, tem que vencer seu próximo confronto, que ocorrerá no próximo dia 18/08, contra a outra equipe anfitriã da competição

Hospital de Amor recebe oficialmente Arco Cirúrgico do Rotary e da AVCC














 
No sábado, 4 de agosto, o Hospital de Amor Jales recebeu oficialmente o aparelho Arco Cirúrgico, doado por meio da parceria da Fundação Rotária, dos Distritos Rotários, Clubes de Rotary e a Associação de Voluntários de Combate ao Câncer (AVCC) de Jales. A cerimônia, realizada na Capela São Judas, contou com a presença de centenas de rotarianos, voluntários da AVCC, colaboradores do Hospital e autoridades da cidade.

A numerosa extensão da mesa foi o reflexo do tamanho da parceria para a aquisição desse equipamento. Segundo a presidente da AVCC, Maria Aparecida Caseli Iglesias Freitas, a Cidinha Iglesias, essa não é a primeira mobilização do Rotary em prol do Hospital. Ela relatou durante a cerimônia, que desde 2008 eles contribuem com importantes aquisições para a unidade de Jales.

Cidinha aproveitou o momento e entregou um ofício aos governadores presentes, solicitando agora a parceria em um novo projeto, pela qual serão reunidos recursos para adquirir uma termodesinfectora, utilizada na esterilização de equipamentos cirúrgicos. "Aproveito a oportunidade não só para agradecer, como também para envolvê-los em mais um desafio", afirmou a presidente.

A coordenadora de projetos do Rotary Club de Jales - Grandes Lagos, Suely Zambão, usou seu discurso para agradecer em nome dos pacientes, uma a uma as pessoas que estiveram diretamente envolvidas no projeto. "Agradeço imensamente a todos, sem vocês esse sonho não seria realidade", disse emocionada.

Em seguida, o presidente do Rotary Club de Jales - Grandes Lagos, Carlos Alberto Vicente Silveira, falou em nome dos clubes de Rotary nacionais e internacionais, destacando o esforço dedicado para que o projeto se se concretiza.

O presidente da Fundação Rotária, José Luis Vargas, a representante dos parceiros internacionais, a argentina Maria Teresa Neira, que veio de Buenos Aires para a cerimônia e o atual governador do distrito 4480, Luís César Rodrigues, em seus discursos, também expressaram o quão especial foi o propósito, uma vez que, essa foi a primeira vez que chegaram bem perto do teto máximo de subsídio para um projeto, que é de 200 mil dólares, o envolvimento de distritos de outros países como Taiwan, México, Estados Unidos, Argentina e Portugal, além do envolvimento de outra ONG – no caso, a AVCC - no projeto, o que foi inédito.

Representando o Poder Executivo, o vice-prefeito José Devanir Rodrigues (Garça), falou da importância da unidade do Hospital de Amor para Jales, bem como as doações que são feitas a ela, o que permite que a mesma continue realizando um trabalho significativo.

E por fim, o presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata, mais uma vez se mostrou orgulhoso da AVCC de Jales, quando disse que a mesma não mede esforços para realizar aquilo que supostamente seria o máximo que elas poderiam fazer. Ele também aproveitou para anunciar que o Hospital de Câncer de Barretos, está em 1º lugar no levantamento da SCImago Institutions Rankings, entre os centros de saúde que atuam na área de pesquisa na América Latina.

Após os discursos dos representantes, foram realizadas as homenagens. Em nome do Hospital de Amor, a gerente administrativa, Camila Venturini e o presidente, Henrique Prata, entregaram aos governadores um presente da instituição. Representando os rotarianos, Ailton Chideroli entregou a presidente da AVCC, Cidinha Iglesias e a vice Roseli Pupim, o reconhecimento Companheiro Paul Harris, título que homenageia pessoas ou organizações que contribuíram com mais de US$ 1.000 à Fundação Rotária. Representando o poder legislativo, o presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Jales, Vagner Sellis, entregou aos presidentes rotarianos, a Moção de Aplausos "pelos esforços realizados na aquisição desse aparelho Arco Cirúrgico".

Após as homenagens, foi realizado o descerramento da placa, simbolizando o ato oficial de entrega do equipamento. Em seguida, o bispo emérito, Dom Demétrio Valentim, representando o Bispo Dom Reginaldo Andrietta, deu uma benção especial aos presentes, e encerrando, o coral da AVCC cantou a oração do "Pai nosso".