Churrasco da Copa do Mundo está 24,5% mais caro em comparação a 2014, diz FecomercioSP

Segundo a Entidade, cebola foi o item que teve a maior variação de preço, de 85,8%; carne e cerveja também registraram alta expressiva

São Paulo, 14 de junho de 2018 – O churrasco, um dos pratos preferidos pelos brasileiros para acompanhar os jogos da seleção na Copa do Mundo, ficou 24,5% mais caro se comparado ao último mundial de futebol.  Entre junho de 2014 e maio de 2018, a inflação geral acumulou alta de 26,4%. O levantamento foi feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O estudo avaliou o comportamento dos preços de 15 itens que, normalmente, compõem um churrasco, sendo que nove deles tiveram alta real de preços no período, ou seja, subiram acima da inflação geral. A assessoria econômica da FecomercioSP destaca a elevação nos preços dos ingredientes do vinagrete: cebola (85,8%), vinagre (45,7%) e sal (35,7%). Um alívio para o bolso dos consumidores é o tomate, cujo preço recuou 6,7% em relação à Copa do Mundo de 2014.

As carnes, grande estrela do prato, e a cerveja também tiveram alta, de 24,9% e 26%, respectivamente, porém, abaixo da inflação do período. Os preços de outras bebidas alcóolicas e refrigerantes e água mineral apresentaram elevação de 34,4% e 32,1%, consecutivamente, enquanto o do frango em pedaços ficou praticamente estável (-0,1%) no período analisado.
 

Vale ressaltar que o último período de coleta, realizado pelo IBGE, ocorreu durante a paralisação dos caminhoneiros, ou seja, os efeitos sobre os preços podem não ter sido captados integralmente em maio. Segundo a FecomercioSP, a recente crise de abastecimento pode interferir nos preços no mês de junho, principalmente de itens perecíveis, como carnes, legumes e alimentos in natura.

Sobre a FecomercioSP
A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 138 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por cerca de 30% do PIB paulista – e quase 10% do PIB brasileiro –, gerando em torno de 10 milhões de empregos.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre médico jalesense Caio Altomari radicado em Lucas do Rio Verde MT

Nova Profissão: Entenda o que faz um book advisor

Bella da Semana completa 18 anos com ensaio inédito de Vitória Soares