Páginas

sábado, 8 de julho de 2017

Semana Missionária Diocesana

Pe. José Aparecido Ferro Martinez (Padre Zezinho)
Assessor do Conselho Missionário - Diocese de Jales
 
 
"A Igreja não é feita para ficar apenas constituída em suas instituições, em seus assentos e em suas estruturas: ela foi criada para estar em movimento, se lançar ao mundo. Essa é a sua natureza: sua razão de ser está em "Sair". (Texto base 4º Congresso Missionário)
Com base nestas afirmações nós da diocese de Jales temos como compromisso a cada ano realizar a nossa semana missionária nos setores no mês de julho, e neste ano será no Setor Santa Fé do Sul (Rubinéia). Setor Palmeira (Marinópolis). Setor Fernandópolis (Paróquias: São Pedro, São Bernardo e Santo Expedito). E para isso, nós já nos preparamos para este momento importante que muito ajudará as comunidades e paróquias que irão realizar a missão.
Primeiro é importante saber que para o bom andamento da semana é preciso se organizar bem, os agentes missionários deverão estar cientes do trabalho que irão realizar. É necessário que o missionário faça a inscrição na sua paróquia ou comunidade, participar do momento de formação missionária, ter consciência de que está assumindo um "Trabalho Missionário ", e não um passeio ou lazer". Lembrando que não se entendem semanas missionárias sem visitas. São uma marca tão importante que muitos continuam realizando-as tempo afora.
Nos últimos anos surgiu em muitas comunidades com base nas semanas missionárias, a missão permanente, é um novo serviço que está favorecendo o encontro entre pessoas, e está levando as comunidades até às pessoas mais afastadas.
Visitar é reconhecer que o outro existe, há visitas e visitas, depende do objetivo que lhe damos e da maneira como acontecem. Há visitas que fazem bem e outras que machucam. Aqui falamos das visitas que fazem crescer. Visitar é sair de si, é romper a casca do egoísmo, é marcar presença significativa no outro. Visitar é saber escutar, dar o melhor de si para que o outro cresça como sujeito, como pessoa autêntica. Visitar é um caso de amor, de amor sublime, gratuito, sem interesse. O amor é atento, fecundo, não faz das pessoas objeto, assim também são as visitas.
Além das famílias que serão visitadas nesta semana, também cada comunidade ou paróquia deverá se organizar para visitar e abençoar as empresas e lugares públicos da cidade, levando uma palavra de solidariedade, de alegria, sendo fraternos com todos, mesmo os que são de outra denominação religiosa.
A você que irá realizar a missão em sua comunidade sejam acolhedores, e os que irão participar de outros setores estejam em sintonia com a programação e o andamento da semana. A todos, boa semana missionária, que Nossa Senhora da Assunção e Santa Teresinha do Menino Jesus padroeira das missões vos abençoe hoje e sempre.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário