Páginas

sábado, 8 de julho de 2017

Elektro dá a dica: pipas e rede elétrica não combinam

Férias escolares é sinônimo de brincadeira ao ar livre. E é no mês de julho que a prática de soltar pipa cai mais no gosto da garotada. Embora, a atividade seja muito divertida, ela deve ser praticada com muita atenção e cuidado para se evitar riscos de acidentes graves. Em 2016, cerca de 50 crianças morreram no Brasil devido a acidentes envolvendo a eletricidade. Segundo a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade, cinco delas morreram tentando resgatar pipas da rede elétrica.

Os papagaios, como também são conhecidos, também foram responsáveis por aproximadamente 1200 incidentes de interrupção de energia na área de concessão da Elektro, em 2016. Aproximadamente 55% desses desligamentos aconteceram no período de férias escolares das crianças. Para evitar interrupções e manter em dia a segurança, o valor número um da concessionária, é importante levar as dicas da Elektro em consideração:

•Soltar pipa apenas em locais afastados da rede elétrica, em campos abertos ou parques;

•Nunca use fios metálicos nem papel laminado para confeccionar a pipa, eles são como condutores de energia e podem causar choques fatais;

•Se a pipa ficar presa nos fios elétricos, não tente retirá-las. Nunca use varas nem suba no poste para tirar uma pipa, o choque nestes casos é fatal;

•Se a pipa cair em uma árvore que esteja tocando a rede elétrica, é perigoso tentar retirar, pois o movimento dos galhos pode provocar curto-circuito e choques;

•Não use cerol. Além do risco de ferir ou mesmo matar, o cerol costuma cortar os fios de alta e baixa tensão. Vale lembrar que, o uso de cerol é proibido e constitui um grande risco para as pessoas. Ele pode provocar acidentes graves com ciclistas e motociclistas;

•Linhas metalizadas conduzem energia e aumentam o perigo de choques;

•Não jogue objetos na rede de energia elétrica, como arames, correntes e cabos de aço;

•Em caso de relâmpagos, recolha a pipa imediatamente. Não solte pipas em dias de chuva ou vento muito forte;

•Prefira pipas que não precisem de rabiola;

•Não suba em telhados, lajes, postes ou torres para recuperar pipas;

•Lembre-se, o simples ato de tentar puxar uma pipa presa aos fios da rede elétrica pode provocar uma violenta descarga elétrica, capaz de levar à morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário