Páginas

terça-feira, 11 de abril de 2017

Polícia Federal investiga vereadores que receberam doações de defuntos

 

Há suspeitas que beneficiários do Bolsa Família sejam doadores de dinheiro


Hotel Delta - Semana Santa


O jornal Diário do Povo desta terça-feira (11/04) divulgou que a Polícia Federal está investigando cerca de 15 vereadores e candidatos a vereador de Teresina e Nazária. As prestações de contas apresentadas por eles apresentaram indícios de fraude. A solicitação da investigação foi encaminhada pelo Promotor de Justiça da 2ª Zona Eleitoral de Teresina, Francisco de Jesus.
O representante do Ministério Público constatou durante as análises das prestações de contas, entregues pelos candidatos ao Legislativo municipal de Nazária e Teresina, suspeitas de ações fraudulentas nas declarações de doações de recursos e serviços.
Foi notado, pelo Promotor Francisco de Jesus, que haviam nomes de doadores nas prestações de contas sem condições financeiras de doar recursos. Até defuntos fizeram doações, em dinheiro, para os candidatos a vereadores derrotados e vitoriosos nas eleições do ano passado.
Segundo o Francisco de Jesus, há vereadores eleitos que apresentaram prestações de contas com doações suspeitas de serem irregulares. O representante do MP encontrou doadores defuntos, desempregados e beneficiados como do programa Bolsa Família.
apromo.JPG

Francisco de Jesus encontrou essas prestações de contas suspeitas de fraude ao usar um sistema de cruzamento de dados do CPF dos doadores físicos das campanhas eleitorais dos candidatos a vereador. Em fevereiro, ele encaminhou à Policia Federal as suspeitas e foram iniciadas as investigações.
Há casos de pessoas que declararam ceder veículo de graça para ajudar na campanha e, na análise do Promotor, não tinha capacidade de fazer qualquer tipo de doação. O trabalho de investigação da Polícia Federal deve ser concluído no final de abril. Caso seja comprovada as suspeitas do Ministério Público, Francisco de Jesus irá ingressar com uma ação para perda de mandato e cassação de diploma dos vereadores de Teresina e de Nazaria.
Por Marcelo Rocha / Jornal Diário do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário