Páginas

quinta-feira, 2 de março de 2017

Conselho Administrativo da Santa Casa aprova demonstrações contábeis e relatório de atividades de 2016

 O Conselho de Administração da Santa Casa conta com 20 membros, sendo 11 representantes da Irmandade, sete da sociedade e dois dos empregados
 
Em assembleia geral e reunião ordinária convocadas, respectivamente, pelo provedor da Santa Casa de Misericórdia de Marília, Milton Tédde e pelo presidente do Conselho de Administração, Romildo Raineri Junior, no dia 18 de fevereiro, a instituição teve suas demonstrações contábeis e o relatório de atividades de 2016 aprovados.
 
"Temos uma obrigação com a sociedade. Este encontro nada mais é do que a demonstração do resultado de muito trabalho e de muito sacrifício. Abordamos as partes financeira, assistencial e de relacionamento", ressaltou Tédde.
 
De acordo com o provedor da Santa Casa, mesmo enfrentando dificuldades o hospital conseguiu cumprir com o seu compromisso. "A nossa credibilidade é muito importante neste processo. A diretoria da instituição não mediu esforços para garantir aos pacientes um atendimento muito bom e isso é traduzido em paz, harmonia e muito amor".
 
Tédde lembrou que o diálogo é extremamente necessário entre o Poder Público e os hospitais. "Somos referência em alta complexidade e os diretores da instituição estão empenhados em contribuir com a sociedade. A Santa Casa não é minha, nem da diretoria. É da sociedade. Vamos continuar trabalhando com qualidade e responsabilidade".
 
O superintendente da Santa Casa, Sérgio Stopato Arruda, ressaltou que esta avaliação de desempenho é fundamental. "Temos um foco na qualidade dos serviços prestados e é neste sentido que trabalhamos de forma contínua".
 
Arruda fez questão de mencionar que o hospital fechou 2016 com superávit. "Mostramos nesta reunião os indicadores qualitativos e quantitativos e tivemos a aprovação unânime do relatório".
 
O Conselho de Administração da Santa Casa conta com 20 membros, sendo 11 representantes da Irmandade, sete da sociedade e dois dos empregados.
 
"Tivemos um panorama do que aconteceu no ano passado. As despesas e as receitas foram expostas, dúvidas tiradas e fechamos o encontro com a aprovação, tanto do relatório de atividades como das demonstrações contábeis de 2016", comentou o presidente do Conselho de Administração da Santa Casa, Romildo Raineri Júnior.
 
A busca pela melhoria no setor de Hotelaria da Santa Casa foi discutida na ocasião. A ideia é promover a reforma dos 28 apartamentos da Ala F e trazer este setor para um padrão de hospitais de primeiro mundo. Cada unidade hospitalar como esta conta com cama elétrica, sofá, poltrona, ar-condicionado, TV de LED e janela de alumínio, além do banheiro com todas as condições de acessibilidade. O custo por apartamento é de aproximadamente R$ 49 mil.
 
Na mesma reunião do Conselho de Administração ficou definido que cada membro da Irmandade poderá fazer uma doação para a Santa Casa no valor de R$ 1.000,00, divididos em cinco parcelas de R$ 200,00. Os boletos de cobrança já serão encaminhados neste mês de março aos interessados. Vale lembrar que é uma participação voluntária.
 
Raineri Júnior salientou que a Santa Casa está dando um salto de gestão de qualidade. "O foco das ações da diretoria está em estruturar o hospital para que a instituição figure entre as melhores do Brasil. Para esta transformação estarão sendo feitos os investimentos necessários. Recentemente recebemos a certificação ouro - no PRHF (Programa de Revitalização dos Hospitais Filantrópicos), financiado pela CPFL Energia e executado pelo Cealag (Centro de Estudos Augusto Leopoldo Ayrosa Galvão), com avaliação do CQH (Compromisso com a Qualidade Hospitalar). Isso mostra que estamos no caminho certo em busca do selo de qualidade, que será um passo ainda mais difícil. Não estamos medindo esforços para melhorar o atendimento para a população de uma maneira geral, seja ela do particular, de convênios ou do SUS (Sistema Único de Saúde), este último que, aliás, corresponde a mais de 60% do total de procedimentos realizados pela Santa Casa de Marília. Temos uma perspectiva grande de crescimento para os próximos anos".
 
Fonte: Assessoria de Imprensa - www.santacasamarilia.com.br  
imprensa@santacasamarilia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário