Páginas

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Descartada a realização da Facip 2017

foto - José Devanir Rodrigues (Garça), Flá Prandi e Vagner Selis, durante o anúncio da não realização da Facip
 
Nesta quinta-feira, 2 de fevereiro, no Gabinete do Poder Executivo pela manhã, o prefeito Flá Prandi e seu vice José Devanir Rodrigues (Garça) se reuniram com representantes da midia de Jales e região para o anúncio oficial de que a 47° Feira Agrícola Comercial Industrial e Pecuária - Facip 2017, não mais seria realizada em função das dificuldades financeiras que atingem a administração municipal

Ao se dirigir aos jornalistas, o prefeito Flá Prandi explicou que a princípio estava idealizada a assunção e organização Facip 2017 pela Prefeitura Municipal utilizando o dinheiro da venda de mesas e camarotes para pagar os shows "com entrada gratuíta para a população nas arquibancadas".

Segundo ele disse, para por em ordem a parte elétrica, hidráulica e os problemas de infraestrutura dos camarotes e realizar uma festa com qualidade e segurança, o custo seria de R$300 mil para a melhoria do recinto".

Numa reunião em conjunto com a Mesa Diretora da Câmara Municipal, chegou-se à conclusão de que não há condição orçamentária para obras e manter o recinto em condições. "Quando se põe dinheiro na festa, se tira de algum lugar", disse ele.

Quanto à terceirização, o prefeito Flá salientou que manteve contatos com vários empresários jalesenses mas que eles alegaram dificuldades em realizar o evento sem o apoio financeiro da administração municipal,

"Hoje a cidade está dizendo que não dá fazer a FACIP, nós estamos tentando diminuir as despesas para voltarmos a investir no nosso município. Assumir o compromisso hoje de executar a feira sem a verba necessária é tirar dinheiro da educação, da assistência social, da saúde e principalmente das obras de recape", afirmou Flá Prandi, ressaltando ainda que sua gestão quer mostrar seriedade e compromisso com o dinheiro público e que "será feito um novo calendário, com uma programação voltada aos jovens, sem onerar a municipalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário