Páginas

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Consumo de energia elétrica recua 2,8% no Estado de São Paulo em 2016

Setor industrial puxou a queda do Estado com retração de 4,9%

 A  Secretaria de Energia e Mineração do Estado de São Paulo divulgou nesta
 quinta-feira,  2  de fevereiro, que o volume de energia elétrica consumido
 no  Estado  em  2016 registrou uma retração de 2,8%. “O consumo de energia elétrica  é  um  dos  termômetros  da economia. Apesar da queda em 2016, o percentual é mais favorável do que em 2015, quando foi registrada baixa de 4,1%.  Isso  mostra  que  a  economia  começou a reagir e provavelmente no segundo  semestre  de  2017 deveremos ter os primeiros dados positivos dos últimos  dois  anos”,  explica  o  secretário de Energia e Mineração, João Carlos Meirelles.

 A energia elétrica utilizada totalizou 127.065 gigawatts/hora (GWh) no ano
 passado,  contra  130.736  GWh  em  2015.  O  mês de dezembro registrou um  decréscimo de 1,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

 O  setor  industrial,  responsável  por  36%  do  mercado  de eletricidade
 paulista,  consumiu  em  dezembro de 2016 cerca de 3.846 GWh, indicando um decréscimo  de 2,2% em relação ao mesmo mês do ano anterior e uma queda de 4,9%  na  somatória  do  ano.  O setor já havia diminuído o seu consumo no Estado em 6,4% em 2015 e 5,8% em 2014.

 A  classe  residencial,  com  participação estadual de 30,2% apresentou um
 consumo  de 3.227 GWh, correspondente a um acréscimo de 1,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

 O  comércio,  que  representa  22,4%  do Estado, consumiu 2.394 GWh, o que corresponde a um decréscimo de 6,5% em relação a dezembro de 2015.

 Os  demais  setores  (rural,  iluminação  pública,  poder público, serviço
 público  e  consumo  próprio) correspondentes a 11,4% do total, consumiram
 1.224 GWh, volume equivalente a um acréscimo de 1,7%.

 As  principais  informações  sobre  consumo de energia no Estado podem ser
 acessadas  na  ferramenta chamada Dados Energéticos, no site da Secretaria
 de Energia e Mineração disponível no endereço  
www.energia.sp.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário