Páginas

sábado, 7 de janeiro de 2017

Hospital do Câncer de Barretos recebe doação

Destinação de R$ 31 milhões servirá para construção de unidade no AC, com capacidade para atender 44 mil mulheres por ano

 
O Ministério Público do Trabalho em Rondônia e Acre (MPT-RO/AC) e a Justiça do Trabalho destinaram R$ 31 milhões para a construção de Unidade Avançada de Prevenção do Hospital de Câncer de Barretos no Acre. O dinheiro corresponde ao pagamento de multas judicias em um acordo entre o MPT e o governo do estado.

A unidade deverá ser construída em Rio Branco, em terreno a ser doado pelo Estado do Acre. Serão realizados exames de elucidação diagnóstica, além do tratamento de alguns casos selecionados, para todas as cidades acreanas.

A previsão é dar assistência à 44 mil mulheres anualmente, sendo 22 mil casos para investigar a existência de câncer de mama, com pacientes entre 40 e 69 anos. As outras 22 mil, com idade entre 25 e 69 anos, devem fazer a prevenção do câncer de colo de útero.

Atendimento móvel - Serão entregues à população acreana duas carretas de prevenção ao câncer, que atenderá a população feminina do interior do estado, sendo uma para atender de Cruzeiro do Sul a Rio Branco, e a outra de Rio Branco até as cidades e distritos fronteiriços.

O Hospital de Câncer de Barretos pretende também utilizar uma terceira carreta para promoção de ações da Unidade Móvel de Educação, que atenderá a população feminina acreana e fará parte das ações de pesquisa e ensaios clínicos.

Pretende-se também utilizar uma terceira carreta para promoção de ações da Unidade Móvel de Educação, que atenderá a população feminina acreana e fará parte das ações de pesquisa e ensaios clínicos.

A unidade de prevenção e diagnóstico atenderá uma população superior a 803 mil habitantes do Acre e países fronteiriços, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Unidade Fixa – A Unidade Avançada de Prevenção de Câncer (UAPC), que será construída em Rio Branco, contará com toda tecnologia em detecção precoce do câncer utilizada no Hospital de Barretos (SP). A UAPC irá realizar exames como o de Papanicolaou, com coleta em base líquida, que demonstrou ser o melhor método de diagnóstico precoce do câncer de colo de útero, e o mamógrafo digital, com maior capacidade de detecção e menor taxa de reconvocação das pacientes para exames complementares e mesa para biopsia de mama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário