Páginas

sábado, 4 de junho de 2016

Comissão de Segurança do Paciente é reintegrada pela Santa Casa de Jales

A enfermeira responsável técnica, Ana Lúcia Silva, juntamente com a palestrante Fabiana Rigolo que ministrou um curso sobre Segurança do Paciente, e a enfermeira do setor educação continuada, Juliana Cursi
foto/asconsantacasajales/divulgação


O cuidado seguro resulta tanto de ações corretas dos profissionais de saúde como de processos, sistemas adequados nas instituições e serviços, baseado nisso e na Resolução nº 36, de 25 de julho de 2013 a Santa Casa de Jales vem cada vez mais se aprimorando com a Segurança do Paciente.


A comissão da Santa Casa é formada por um núcleo multiprofissional que abrange a administração, a equipe de enfermagem desde a responsável técnica, educação continuada até a comissão de controle de infecção hospitalar além da farmácia, hotelaria, lavanderia, higiene e limpeza, entre outros departamentos.

O objetivo da comissão é monitorar assuntos competentes à garantia do cuidado seguro ao paciente dentro das seis metas internacionais de segurança, que são: identificação dos pacientes corretamente; eficácia na comunicação; garantir a segurança dos medicamentos de alerta elevado; garantia de cirurgia segura; higienização das mãos; redução do risco potencial de queda do paciente e de lesões por pressão.

De acordo com a enfermeira responsável técnica, Ana Lúcia Silva, na atenção à saúde a segurança é o princípio básico. "Oferecer um serviço de qualidade não apenas fideliza e beneficia os nossos pacientes, mas, permite que o hospital se mantenha em evidencia garantindo a comodidade e a proteção nos seus serviços perante todos".

A equipe atuante na comissão se reúne semanalmente para discutir e apontar situações de riscos dentro do hospital afim de descreverem estratégias e ações para a gestão de risco, visando a prevenção e a mitigação dos incidentes.

A enfermeira Juliana Cursi do setor educação continuada afirmou que foram estabelecidos protocolos das diferentes áreas, impressos de orientações e indicadores de controle do gerenciamento de riscos para andamento dos trabalhos. "Vale ressaltar que os membros da comissão estão em constante atualização e sempre que possível trazem para a instituição as inovações sobre o contexto gerenciamento de risco e segurança do paciente", relatou Juliana. (por Caroline Guzzo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário