Páginas

sábado, 22 de julho de 2017

Jalesense é membro da Associação de Mestres de Karatê do Japão


 O karateca jalesense Flávio Rodrigo Masson Carvalho (fotos ao lado) foi aceito na Associação Internacional de Mestres de Karatê (International Masters Karate Association – IKMA), que tem sua sede em Hokkaido, Japão.

A IKMA é uma organização registrada de líderes que herdam um karatê japonês legítimo.

A IKMA é registra excelentes Mestres de Karatê em todo o mundo, e promove o relacionamento entre Mestres de Karate de diferentes países.

A principal atividade da IKMA é assumir o espírito dos tempos antigos de Karatê-Do.

 Os karatecas (ShihanKai) de 5º a 8º Dan são chamamos de Mestre, e os de 9º e 10º Dan, são chamamos de Grão Mestre.

Para a IKMA Karatê é Budo para um KUNSHI.

KUNSHI significa um homem sábio, virtuoso, gentil, amável e honrado.

Para a IKMA o significado é que os membros de Shihankai devem ser um KUNSHI.

IKMA SHIHAN que são registrados como membros, é KUNSHI. É um Mestre confiável.

O presidente da International Karate Master Association é o Grão Mestre Okubo Katsumi (foto ao lado), que é 10º Dan de Karatê Seishin-ryu.

O estilo de karatê Seishin-ryu tem suas raízes e legado do maestro de karaté, Choki Motobu, que foi um dos pioneiros do karatê no início do século XX.

O primeiro Soke (criador de estilo – líder de determinada linhagem) de Seishinkai foi Kazuo Kikuchi, que treinou com uma ampla gama de mestres em diferentes artes marciais desde uma idade jovem. Após a Segunda Guerra Mundial, ele começou a treinar Karate Ryobu-kan com o Mestre Ryosuke "Yasuhiro" Konishi e vários dos mestres de karatê que compartilhavam a tatuagem do dojo com o Mestre Konishi.

Aos 32 anos, ele formou Seishin-ryu como resultado de analisar os princípios e técnicas que ele aprendeu. O Mestre Konichi foi um dos primeiros no Japão a deixar as mulheres treinar no dojo e aprender o karatê. A tradição do estilo se transferiram e hoje Seishinkias Soke é Okubo Katsumi e a quantidade total de membros no Japão é mais de 3000 espalhados por 130 escolas em todo o Japão.

O foco principal é sobre as tradições que foram passadas através dos primeiros mestres. Essas tradições incluem não só Karate e Kenpo, mas também elementos da Ju-Jitsu, Kobu-Do e Iai-Do e dar a Seishin-ryu uma ampla variedade de técnicas e aplicações. Como uma adaptação à arte marcial moderna, Seishinkai também compete em diferentes competições de artes marciais.

O Soke Okubo Katsumi Katsumi é a terceira geração de Soke de Seishin-ryu, e possue graduação máxima dentro do Karatê, é faixa preta 10º Dan. E foi Mestre Okubo que filiou e reconheceu o Mestre Flávio Carvalho, que começou a treinar karate em Jales no ano de 1977, e depois em Fernandópolis.

O Mestre Flávio Carvalho é faixa preta 7º Dan de Karate estilo Shotokan, e é o único brasileiro filiado a Associação Internacional de Mestres de Karatê do Japão (IKMA).

 

 
Além da IKMA, o Mestre Flávio Carvalho é filiado a várias outras Organizações Internacionais de Karatê, inclusive é o Representante para o Brasil da Karate of Japan Federation (KOJF), filiando vários faixas pretas do Brasil na KOJF, e está organizando uma Organização de Karatê que terá sua sede em São José do Rio Preto, cidade que terá em 2018 e 2019 grandes eventos de Karatê.



No mês de agosto, e em outras datas até o final de 2017, ocorrerá em Rio Preto reuniões com Professores de Karatê para as tratativas da regulamenta na nova Organização que está sendo criada, e para a discussão sobre os futuros eventos que acontecerão, não somente de Karatê, mas também de Kobudô, Fisiologia e Psicologia do Esporte, e também sobre a vinda de alguns Mestres do Japão e Estados Unidos para seminários e clínicas.

 
Os interessados em obter maiores informações, entrar em contato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário