Páginas

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Fórum de General Salgado assume o 1º lugar do TJ Sustentável

Simples ações, resultados surpreendentes.

 Comarca de General Salgado assumiu a liderança do projeto TJ Sustentável após a segunda rodada de inserção de dados. O fórum prossegue com os bons resultados do ano passado, quando terminou o game em segundo lugar. A Comarca de Franco da Rocha está em segundo lugar, seguida por Monte Azul Paulista. Os administradores dos prédios têm até o dia 31 deste mês para enviar os dados de consumo referentes ao mês de junho.

        O engajamento dos integrantes da Corte no projeto vem rendendo frutos não apenas virtuais, mas resulta em efetiva diminuição do desperdício de recursos naturais. Com isso o TJ Sustentável tornou-se uma política pública permanente do Judiciário paulista, alinhada ao Plano de Logística Sustentável e ao Planejamento Estratégico do TJSP.

        Mas ainda é possível fazer mais. Para pontuar, cada unidade deve apresentar índices de redução de consumo em relação às médias calculadas. Aquelas que atingirem as metas estabelecidas pelo comitê gestor ganham o número máximo de folhas na “árvore virtual”. Já os que superarem as metas, recebem elementos surpresas em suas páginas.

 Indicadores

        Papel sulfite – Gastos desnecessários de papel sulfite causados por impressões em demasia são o novo alvo do TJ Sustentável. Uma árvore de eucalipto gigante produz apenas 20 resmas de papel A4, e 100 mil litros de água são gastos em sua produção. Mesmo no reflorestamento, a monocultura de eucaliptos leva à degradação do solo, ressecamento de córregos e abalos ao ecossistema, criando verdadeiros “desertos verdes”.

        Coleta Seletiva – Neste ano está sendo incentivada a implantação de coleta seletiva nos fóruns. O tema foi inserido no jogo na forma de um questionário, com oito perguntas, a ser respondido no final do ano. A cada resposta “sim”, a unidade receberá 20 pontos extras. A comprovação será feita por meio de relatório, com fotos e cópia de documentos, quando possível, que deverá ser anexado ao sistema do jogo. Poderá ocorrer visita de integrantes do comitê aos prédios para verificação das atividades relacionadas à coleta seletiva.

        Água e Energia – A exemplo das edições do TJ Sustentável em 2015 e 2016, será estimulada redução ainda maior dos consumos de água e energia. Ações implantadas pelos fóruns nos anos anteriores já alcançaram excelentes resultados e o comitê do projeto decidiu pela manutenção dos itens, por entender que o uso consciente dos dois recursos é considerado essencial para a sustentabilidade e o futuro do planeta.
Veja o regulamento completo.
Comunicação Social TJSP – GA (texto) / DG (foto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário