Páginas

sábado, 10 de junho de 2017

O jalesense Flávio Carvalho esteve ministrando curso em Campo Grande (MS), dia 3 de junho

Mais uma vez o curso foi sobre Psicologia Criminal (Jurídica e Forense), para um público de mais de 300 pessoas, entre psicólogos, advogados, assistentes sociais, enfermeiros, e a grande maioria de estudantes dessas áreas.

O Dr. Flávio Carvalho está dando cursos sobre Psicologia Criminal pelo Brasil inteiro, através da Renova Cursos, uma empresa de renome, e de grande prestigio, que fica em São Paulo, mas organiza cursos pelo Brasil inteiro, em todas as capitais, e cidades importantes desse país.

A Renova Cursos, oferece cursos de extrema importância, com profissionais capacitados, que são cuidadosamente, e criteriosamente selecionados.

A informação e a comunicação emergem como os recursos mais importantes da sociedade, por isso sempre atenta às necessidades do mercado, a Renova Cursos elabora diferentes cursos, os quais têm o objetivo de atualizar e formar futuros profissionais de diversas áreas.

Levamos para os nossos cursos não só reflexões teóricas, mas também a realidade do cotidiano de trabalho, mostrando aos nossos alunos como e onde aplicar o conhecimento adquirido. É assim que construímos um mundo melhor, levando informação e construindo novos conhecimentos.

Os próximos cursos do Dr. Flávio Carvalho, já agendados, serão no Rio de Janeiro e Cuiabá, e em muitas outras cidades, de diferentes estados do Brasil.

No curso de Psicologia Criminal, o Dr. Flávio Carvalho fala muito sobre Psicopatias, conceituando a definição de Psicopata, como é feito o diagnóstico, o tratamento, como os mesmos são tratados pela justiça brasileira, ou seja, como são punidos, etc.

O tema é de relevante importância na atualidade brasileira, pois estamos sendo governados por alguns.

No curso também foi muito discutido a Vitimologia, ou seja, os estudos sobre as vítimas, os tipos, as classificações, etc.

Vitimologia é a ciência que estuda a vítima sob os pontos de vista psicológico e social, na busca do diagnóstico e da terapêutica do crime, bem como a proteção individual e geral da vítima.

Vítimas não são somente aqueles que são mortas, atacadas, agredidas fisicamente, de maneira violente. Vítimas também são aquelas que sofrem nas mãos de governantes, políticos corruptos, e de sistemas injustos.

Com o passar dos séculos, o sentido de vítima mudou desde uma expressão religiosa até uma designação de "estado" em que se encontra uma pessoa.

Mendelsohn define vítima como "a personalidade do indivíduo ou da coletividade na medida em que está afetada pelas consequências sociais de seu sofrimento determinado por fatores de origem muito diversificada". Tais fatores seriam físico, psíquico, econômico, político ou social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário