Páginas

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Fórum de Ilha Solteira lidera ‘TJ Sustentável’

 

Simples ações, resultados surpreendentes.
 
        O projeto TJ Sustentável realiza em 2017 sua edição com o maior número de participantes, com a competição alcançando todo o Judiciário paulista – incluindo os prédios administrativos e do 2º grau. Após a primeira rodada mensal de inserção de dados de consumo, a Comarca de Ilha Solteira assumiu a liderança do jogo, seguida por Taubaté. Em terceiro lugar está a Comarca de Presidente Epitácio. Confira a classificação completa no site do jogo. Além do ranking, já pode ser visualizada a árvore virtual de cada unidade participante, que ficará mais frondosa de acordo com os índices de economia obtidos.
        A próxima sexta-feira (30) é o último dia útil para que os administradores prediais informem, no sistema do jogo, os dados das contas com vencimento em maio. Para pontuar no game virtual, a unidade deve apresentar índices de redução de consumo. Aquelas que atingirem as metas estabelecidas pelo comitê gestor ganham o número máximo de folhas na “árvore virtual”. Já os que superarem as metas, recebem elementos surpresas em suas páginas. Veja o regulamento completo.
        O TJ Sustentável visa estimular o consumo consciente entre magistrados e servidores, reforçando a responsabilidade socioambiental do Tribunal de Justiça de São Paulo. Diversos fóruns estão fazendo sua parte com campanhas informativas e ações de economia. Nesta edição o jogo traz como novidades o indicador de gastos com papel sulfite e o incentivo à coleta seletiva, bem como resgata o foco na economia de água e energia.
        A competição segue até novembro. Ao final, o prédio com maior número de pontos será o vencedor e como prêmio recebe o “Selo Verde 2017”. Também haverá distribuição de prêmios, que serão sorteados entre os funcionários dos fóruns que ficaram entre os três primeiros lugares.
 
        Comunicação Social TJSP – GA (texto) / AC (foto)
        imprensatj@tjsp.jus.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário