Páginas

sábado, 24 de junho de 2017

Direitos Humanos e Relações de Gênero

 
O jalesense Flávio Rodrigo Masson Carvalho, que é Professor e Pesquisador do UNIBAVE de Orleans, Santa Catarina, estará coordenando um workshop sobre Direitos Humanos e Relações de Gêneros, na próxima segunda-feira, dia 26 de junho.

O evento será no Centro de Vivências, no Museu ao Ar Livro do UNIBAVE, o iniciando as 19 h.

O momento vivido remete-nos à reflexões acerca de todos os avanços e transformações ocorridas ao longo das últimas décadas na sociedade.

Novos paradigmas estão sendo pretendidos. Na atualidade, como consequência do desenvolvimento da humanidade, a sociedade contemporânea, principalmente a partir da segunda metade do século XX, tem-se caracterizado pela crescente complexidade das relações humanas.

Em uma democracia humanista, respeitar o indivíduo em sua individualidade em confronto com a sociedade na qual está inserido, tem-se como, talvez, o único princípio coerente o respeito à dignidade da pessoa humana. É esta a razão pela qual os fatos sociais devem ser, sempre, analisados pela ótica dos Direitos Fundamentais, face a necessidade de equilíbrio entre a vida humana, a moral e os direitos do cidadão.

Segundo Frigga Haug, o conceito de relações de gênero deve permitir-nos estudar criticamente como os sexos servem para reproduzir o conjunto das relações sociais. Em algum sentido, então, tem que pressupor o que é um resultado das relações sociais, ou seja, a existência dos gêneros no sentido reconhecido historicamente como homem e mulher. Sobre a base de uma complementaridade na procriação, (uma base natural), o que é assumido como ser natural é também formado historicamente. A partir disso, os sexos saem do processo social como não iguais, e sua não-igualdade se converte no fundamento ou base de futuras formações. Desta maneira, as relações de gênero se convertem em relações reguladoras fundamentais em todas as formações sociais que conhecemos e são absolutamente centrais para perguntas referidas à divisão trabalhista, dominação, exploração, ideologia, política, lei, religião, moral, sexualidade, corpos-sentidos, e linguagem etc., ao mesmo tempo em que transcendem cada um destes âmbitos. Em breve, nenhuma área poderá ser estudada de maneira insensata sem pesquisar como as relações de gênero a moldam e são por sua vez moldadas.

O workshop irá discutir com os acadêmicos, de todos os cursos do UNIBAVE, assuntos como: Direitos Humanos, a Violência de Gênero, a Violência contra os LGBTs, a Intolerância Religiosa, o Aborto, e sobre as Drogas.

Os Objetivos do evento são o de contribuir para a formação técnica, científica e humana dos acadêmicos, fortalecendo-os para agir com resiliência diante dos desafios da realidade profissional e pessoal. Socializar os saberes com os acadêmicos, professores e profissionais dos diversos cursos do UNIBAVE, através da troca de experiências, abordando a temáticas: Direitos humanos e Relações de Gênero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário