Páginas

sábado, 24 de junho de 2017

Diocese de Jales e de Dourados (MS) se unem para a Missão Univida

 
A união faz a força! Nesta sintonia e integração a Diocese de Jales - SP, junto com a Diocese de Dourados – MS, realizou, na quarta-feira, dia 21 de junho, na Escola Vocacional, um encontro com os responsáveis da Pastoral Universitária e Missão Univida, para unir forças e dar continuidade ao trabalho que vem sendo realizado pelo Padre Eduardo Lima e aos trabalhos já realizados pela Diocese de Dourados.

No encontro esteve presente o Bispo Diocesano de Jales, Dom Reginaldo Andrietta, o Bispo Diocesano de Dourados, Dom Henrique Aparecido de Lima, CSsR, junto com os padres da Diocese de Jales, o Diácono Erismar, de Dourados, a Irmã Aurora, da Congregação Irmãs Missionárias da Consolata, e os integrantes da Missão Univida.

"Estamos Fortalecendo a Pastoral Universitária na própria Diocese, pois ela tem uma missão junto aos universitários e universitárias, na sua própria realidade, a precariedade de vida está presente na vida estudantil, na vida das universidades que necessitam de mais investimento, sobre tudo investimento público. A pastoral universitária tem um papel importante na própria Diocese, e é claro desempenha um papel importante também na solidariedade diante de necessidades humanas urgentes, e em tantas outras realidades, e que nos apresentou a vários anos a realidade dos indígenas de Dourados e foi feito esta ponte, e um trabalho belíssimo que vem evoluindo. É uma missão humanitária, mas que tem seu sentido também cristão, liderada, promovida, coordenada por cristãos católicos, e a nossa Diocese, assume um papel protagonista nesta articulação, desta iniciativa, e com esta presença hoje de representantes da Diocese de Dourados, de modo particular seu Bispo. Nós estamos fortalecendo nossos vínculos de colaboração, planejando um desenvolvimento ainda muito mais amplo, porque muitas outras universidades, não só de nossa diocese, se não de outros estados, inclusive tem se interessado em participar deste projeto, e dioceses também. Estamos coordenando melhor essas iniciativas, potencializando então seu desenvolvimento". Afirmou Dom Reginaldo.

Para Dom Henrique "A importância maior está na questão humanitária, mencionados nas apresentações dos membros da Missão Univida. E para nós é uma alegria ter vocês lá neste trabalho, dentro de uma realidade que é bastante difícil, critica, uma realidade muitas vezes rejeitada por muitas pessoas. Tentamos dizer que os indígenas são pessoas importantes, mas toda uma cultura já se criou, a Missão Univida da Diocese de Jales, são os facilitadores para quebrar as barreiras, muros, preconceitos, e aos poucos trabalhando e mudando esta realidade", (por Edivaldo Mella Janasco)

Nenhum comentário:

Postar um comentário