Páginas

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Congresso Catarinense de Cardiologia oferece desconto nas inscrições

As inscrições para o XV Congresso Catarinense de Cardiologia podem ser feitas com desconto até o dia 9 de junho, pelo site www.sbcsc2017.com.br. Blumenau será sede do Congresso, que acontecerá entre os dias 22 e 24 de junho. Um dos grandes destaques da programação será a palestra do cardiologista brasileiro, diretor de Imagem Cardiovascular do hospital Johns Hopkins (EUA), João Lima. Ele vai falar sobre a “Etiologia da insuficiência cardíaca”. O pesquisador atua também nos Estados Unidos como docente de Medicina, Radiologia e Epidemiologia e é reconhecido mundialmente na área. É um dos principais nomes no campo da ressonância magnética cardiovascular, em particular no âmbito da pesquisa.
Além disso, serão tratados durante o Congresso temas como hipertensão arterial; diabetes; cardiologia do esporte e reabilitação; dislipidemias; eletrocardiograma; valvopatias; cardiooncologia; insuficiência cardíaca, entre outros.
Segundo um dos organizadores do evento, o cardiologista Dr. Siegmar Starke, são esperados entre 350 e 400 profissionais de saúde e acadêmicos em formação de Santa Catarina e de outros estados brasileiros. “O evento tem a ver com a integração da cardiologia de Santa Catarina. Certamente atrairá muitas pessoas, pois Blumenau é uma referência nesta especialidade, sobretudo em transplante cardíaco”, aponta Dr. Starke. “A programação científica do Congresso está bem ampla, com vários colóquios e oportunidade ímpar para troca de experiências e conhecimento”, acrescenta a presidente da Sociedade Catarinense de Cardiologia, Maria Emilia Luenenberg.
Produções científicasDurante o XV Congresso Catarinense de Cardiologia haverá também espaço para exposição de trabalhos científicos. As inscrições para pesquisadores que desejarem participar estão abertas pelo link http://www.sbcsc2017.com.br. Os trabalhos serão avaliados e selecionados por uma comissão de especialistas.
Serão apresentadas pesquisas inéditas, como um estudo epidemiológico desenvolvido pela Furb (Universidade Regional de Blumenau) em convênio com a universidade de Greisswald, realizado na população de Pomerode. Outro trabalho apresentado será sobre a prevalência de doenças cardiovasculares em descendentes germânicos de Blumenau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário