Páginas

sábado, 1 de abril de 2017

UniJales: Transformações (In) visíveis

Rosangela Juliano Bordon Bigulin
Diretora de Graduação do UNIJALES
 
 
São inúmeras as transformações que ocorrem em todos os setores da sociedade nesta época de globalização e desenvolvimento tecnológico. Frente a isto, as escolas de Ensino Superior passam a ter múltiplas tarefas: de um lado procuram atender ao que o mercado globalizado exige, tentando sobreviver em um território extremamente competitivo e, de outro, propiciar uma formação humanista com valores éticos, de cidadania e com qualidade.
Neste mercado competitivo, onde várias Instituições de Ensino Superior, sejam públicas ou privadas, lutam por conquistar seu espaço, dentro de um contexto econômico fragilizado que foi instalado no país nos últimos anos, o Centro Universitário de Jales vem se organizando de forma a vencer os vários desafios que lhe são impostos.
A partir das constantes visitas das comissões do MEC- Ministério da Educação e Cultura (só neste início de ano foram três) que avaliam de forma extremamente exigente os cursos da Instituição apresentando seus aspectos positivos bem como suas fragilidades, e das sugestões dos alunos quando da avaliação anual que fazem da instituição, a equipe pedagógica e administrativa tem se empenhado em transformar estas fragilidades em potencialidades.
Procura-se, desta forma, atender as Leis e Políticas de Qualidade determinadas pelo MEC que vão desde exigências pedagógicas e de estrutura física até as de inclusão. É, em grande parte, um trabalho minucioso e silencioso em termos de divulgação para a comunidade.
Apoiado nestas avaliações é desenvolvido um trabalho com utilização de tabelas e gráficos para que todos os envolvidos no processo educacional possam identificar as fragilidades detectadas e priorizar os investimentos para o ano seguinte. Priorizar estes investimentos nos diversos setores não é tarefa fácil, principalmente se levarmos em conta o alto custo de muitos materiais necessários para as reformas ou construções sugeridas e a escassez dos recursos financeiros que a maioria das instituições privadas tem enfrentado.
A partir da análise dos resultados, são apresentadas alternativas de melhoramento tanto no setor pedagógico como na estrutura física da instituição. São investimentos e melhorias que para muitos que não acompanham o cotidiano da UNIJALES, não são visíveis de imediato, mas estão ocorrendo de forma sistemática, com reflexos na melhoria da qualidade do ensino.
Estes investimentos são realizados nos laboratórios que passam por reformas e aquisição de equipamentos e materiais necessários ao pleno desenvolvimento das aulas práticas, caso, por exemplo, dos laboratórios de Estética e Fisioterapia que prestam serviços de excelente qualidade para a comunidade. A Farmácia Escola que já está praticamente pronta, é outro espaço que recebeu altos investimentos e em breve estará apta a prestar serviços para a população servindo de laboratório para os alunos do curso de Farmácia, sendo fundamental no processo de aprendizagem dos discentes.
A biblioteca, com um plano de aquisição de livros e periódicos mensais, vem registrando um aumento considerável do seu acervo que é disponibilizado tanto para os alunos como para a comunidade, recebendo das quatro últimas comissões do MEC, conceito máximo. Este mesmo conceito ou próximo a ele, tem sido concedido também ao corpo docente e à estrutura pedagógica dos cursos avaliados, que são organizados como todos os outros da instituição. Tal fato significa que as próximas comissões que virão para avaliar outros cursos, deverão repetir os ótimos conceitos atribuídos aos já avaliados.
O espaço físico da instituição aos poucos é modificado, com algumas salas de aula recebendo outro piso, climatização ou novas carteiras. A cantina e o espaço de lazer foram ampliados e nele foram inseridos bancos para maior comodidade dos discentes. A manutenção da pintura e dos setores elétrico, hidráulico, de equipamentos, a colocação interna de placas de sinalização, as adequações para os alunos especiais, entre outros, são parte do cotidiano da UNIJALES.
Docentes cada vez mais qualificados são contratados e os que já se encontram na instituição dedicam-se à docência com compromisso e competência, envolvendo os discentes nas diversas atividades de produção do conhecimento, recebendo rasgados elogios das comissões do MEC, elogios estes extensivos aos alunos que são por eles entrevistados.
Com a gestão eficiente dos coordenadores, acontecem Semanas Acadêmicas de alto nível, cursos de extensão abertos para a comunidade, caso dos cursos de Matemática, Língua Portuguesa, LIBRAS e Projeto 360° oferecidos aos sábados e várias atividades de extensão e prestação de serviços que ocorrem durante o ano e que estão disponibilizadas no site da instituição para que a comunidade possa utilizar estes serviços e participar dos cursos oferecidos pela instituição.
O investimento na Iniciação Científica tem seus reflexos positivos na realização da Jornada Anual que ocorre no final do ano, possibilitando aos alunos a exposição dos ótimos resultados alcançados com as pesquisas realizadas. Muitos destes resultados podem servir a empresas da cidade e região na melhoria dos serviços que desenvolvem. Vale a pena conferir.
Mudanças na estrutura curricular dos cursos tem exigido um tempo considerável dos coordenadores que se debruçam em pesquisas, leituras e discussões na busca da modernização das grades curriculares e do processo ensino aprendizagem, procurando adequar-se aos novos tempos da transdisciplinaridade e da tecnologia. São mudanças que exigem um tempo para surtirem efeitos na prática, não sendo muito visíveis em um primeiro momento.
Como bom mineiro, portanto, a UNIJALES realiza as mudanças aos poucos, sem alarde, mas que ficam evidentes para as comissões do MEC quando estas apresentam os resultados das avaliações, e para os alunos, maiores beneficiados pelas transformações.
Frente a uma situação econômica caótica que o país enfrenta gerando entre todos, insegurança e receio quanto ao futuro, o Centro Universitário de Jales vem rompendo contínuas barreiras mantendo-se como uma forte instituição geradora de empregos e fundamental na qualificação de profissionais, tendo a coragem de acreditar nos cursos de licenciatura, formadores dos professores do Ensino Básico, alimentando a rede pública e privada deste país com excelentes docentes e procurando sempre, incorporar no seu quadro de funcionários, ex-alunos que se destacaram nos cursos da instituição.
Poderia aqui relatar outros avanços da IES, entretanto, o texto ficaria extenso e cansativo. Opto, portanto, por convidar vocês, empresários, funcionários, profissionais autônomos, membros da comunidade e a mídia em geral para visitarem a UNIJALES e para verem de perto as transformações, que para alguns, podem parecer invisíveis.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário