Páginas

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Processo Seletivo para o Censo Agropecuário

Nesta segunda-feira, 24/4, o IBGE lançou o segundo edital de processo seletivo simplificado para o Censo Agropecuário2017. São mais 24.984 vagas, para níveis fundamental e médio, em cerca de quatro mil municípios. As inscrições serão feitas apenas pela internet, no site da
Fundação Getúlio Vargas
(FGV), e estarão abertas até as 23h59 do dia 23 de maio.
A jornada de trabalho dos Agentes Censitários será de 40 horas semanais. Além das remunerações mensais específicas, ambas as funções terão direito a auxílio alimentação, férias e 13º salário proporcionais. Já os Recenseadores terão jornadas flexíveis e serão remunerados por produção, segundo a região em que estiverem atuando e o número de estabelecimentos agropecuários recenseados.
A área de atuação das agências do IBGE, no território nacional, foram divididas em Subáreas e essas Subáreas, divididas em Áreas de Trabalho. A Subárea de Jales compõe se da Área de Trabalho de Jales (Jales, Dirce Reis, Pontalinda, Santa Salete, São Francisco e Urânia) e Área de Trabalho de Paranapuã (Aspásia, Dolcinópolis, Mesópolis, Paranapuã, Populina, Turmalina e Vitória Brasil).
No momento da inscrição o candidato fará a opção para a função e o local onde quer trabalhar e realizara as provas. Abaixo quadro com informações das funções e vagas para a Região de Jales.


Requisitos de escolaridade





Conforme o Anexo II (requisitos e atribuições das funções)
Função
Escolaridade
Retribuição Mensal
Valor da Taxa de Inscrição
Número de Vagas para a área da agência do IBGE em Jales
Agente Censitário Municipal (ACM)
Nível Médio
R$ 1.900,00
R$ 39,50
2
(1 para trabalhar em Jales e 1 para Paranapuã)
Agente Censitário Supervisor (ACS)
R$ 1.600,00
5
(4 para Jales e 1 para Paranpuã)
Recenseador
Nível Fundamental
*
R$ 22,00
16
(10 para Jales e 6 para Paranapuã)

                          Total
23

 
Os editais dos concursos podem ser acessados no
portal do IBGE
.
A distribuição de vagas por município pode ser consultada no site da

Fundação Getúlio Vargas.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário