Páginas

sexta-feira, 31 de março de 2017

Serviço de Nutrição da Santa Casa de Marília trabalha em sintonia com equipe médica

O Serviço de Nutrição e Dietética da Santa Casa funciona 24 horas
 
O SND (Serviço de Nutrição e Dietética) da Santa Casa de Misericórdia de Marília tem atuação importante. Responsável pela produção e distribuição dos alimentos dentro do hospital, a unidade trabalha em sintonia com os médicos da instituição e segue as prescrições para atender as dietas recomendadas aos pacientes de acordo com as necessidades deles.
"Atendemos pacientes, acompanhantes e funcionários da Santa Casa. A alimentação dos pacientes é prescrita diariamente pelos médicos. No caso dos colaboradores, servimos lanches e até mesmo refeições, conforme o período em que eles permanecem no hospital", comentou a responsável técnica pelo SND, a nutricionista Luciane Pereira Marques.
Neste dia 31 de março é celebrado o Dia da Nutrição, que pode ser definida como o processo biológico em que os organismos, utilizando-se de alimentos, assimilam nutrientes para a realização de suas funções vitais. Os profissionais da área são fundamentais nesta orientação nutricional para garantir o bom funcionamento do corpo.
Além das nutricionistas, o SND conta com copeiras, oficiais de cozinha (cozinheiras), auxiliares de cozinha e lactaristas [que desenvolvem ações dentro do lactário e produzem fórmulas infantis e nutrição enteral - alimentação por sonda].
A nutricionista Luciane Pereira Marques é a responsável técnica pelo SND 
 
Inicialmente, os profissionais da nutrição verificam a dieta prescrita pelo médico, que pode ser modificada nas consistências leve, líquida ou pastosa. "São levadas em conta informações referentes ao quadro clínico do paciente [se sofre de hipertensão, diabetes, cardiopatias, nefropatias e outras doenças]. Em alguns casos, existe a orientação para a produção de alimentos sem proteína, ou sem glúten".
O Serviço de Nutrição e Dietética da Santa Casa funciona 24 horas, mas o intervalo de maior fluxo de fornecimento de refeições é das 7h às 19h. "Trabalhamos de forma integrada com outros setores do hospital como hotelaria e acolhimento", enfatizou Marques.
Os cardápios variam no dia a dia, conforme viabilidade institucional e contam com um tipo de salada, um refogado [guarnição], um prato proteico [opção de carne], arroz, feijão e sobremesa. "Contemplamos os macronutrientes [necessários em uma dieta], as proteínas, os carboidratos, os lipídeos e evitamos fritura", salientou a nutricionista responsável pelo SND. 
Em alguns casos, é necessária uma alimentação específica para evitar a perda de peso. "Estas situações requerem o reforço do cardápio com alimentos que suplementem a oferta de macro e micronutrientes [vitaminas e minerais]".
Marques chamou a atenção para a dificuldade em controlar a entrada de alimentos no hospital. "Os próprios acompanhantes e as visitas precisam ter consciência do papel terapêutico da dieta. Há estrutura para vistoriar as refeições não produzidas pelo SND", concluiu.    
Fonte: Assessoria de Imprensa - www.santacasamarilia.com.br  

Nenhum comentário:

Postar um comentário