Páginas

quarta-feira, 29 de março de 2017

Pela primeira vez na história, ceia de páscoa judaica será realizada na Catedral Metropolitana de Porto Alegre

 
 
O ritual será 100% judaico e irá reunir 300 pessoas das comunidades católica e israelita
 
     Porto Alegre vai sediar um evento histórico no próximo dia 11 de abril. Pela primeira vez será realizado dentro de uma igreja católica – a Catedral Metropolitana de Porto Alegre -, uma ceia de páscoa judaica – o seder de Pessach. "É provavelmente o primeiro no mundo, já que não se tem registro de nada semelhante", diz o rabino Guershon Kwasniewski, da sinagoga Sibra.
     Guershon conta que a ideia surgiu em uma conversa com o bispo auxiliar, Dom Leomar Brustolin. "Surgiu da curiosidade e da vontade de sairmos da esfera da liderança religiosa para estender esse diálogo para as comunidades. Será um momento de profunda espiritualidade em que iremos transitar pelos rituais judaicos, além de experimentar os pratos feitos especificamente para a páscoa", complementa o rabino.
     Para o arcebispo metropolitano de Porto Alegre, Dom Jaime Spengler, a experiência vai ao encontro daquilo que o Papa Francisco pede. "Ou seja, construir pontes, espaços de aproximação e diálogo, e também de fé". Além de Dom Jaime, toda a cúpula da igreja participará. Serão 300 pessoas reunidas, entre as comunidades judaica e católica.
     O ritual será 100% judaico, contemplando 15 passos da liturgia e todos os alimentos típicos da cerimônia. A ceia, que ocorrerá a partir das 19h30, no salão nobre da Catedral, é aberta ao público, com jantar por adesão. O valor do convite é de R$90 para adultos e R$70 para crianças de 4 a 11 anos. De 0 a 3 são isentos. Os ingressos podem ser adquiridos pelo telefone (51) 3331-8133. Mais informações no site arquidiocesepoa.org.br.
Serviço:
Evento: Seder comunitário de Pessach na Catedral Metropolitana de Porto Alegre
Quando: 11 de abril
Horário: 19h30
Onde: Salão nobre da Catedral Metropolitana de Porto Alegre - R. Duque de Caxias, 1047 - Centro
Sobre o Pessach
O Seder marca o início do Pessach. É uma cerimônia que une o ritual religioso a uma ceia repleta de alegria. A palavra seder significa ordem: de acordo com as tradições judaicas, a cerimônia segue uma ordem pré-definida. O propósito da cerimônia é fazer com que cada judeu reviva a experiência dos seus antepassados na noite em que partiram do Egito. Todos os rituais e comidas simbólicas do Seder ajudam a lembrar a história do êxodo do Egito.
A Matzá
Durante todo o período do Pessach, os judeus não podem comer nada feito com fermento. Os alimentos fermentados - chamados de chamêts - são proibidos. Assim, no lugar do trigo, da cevada, do centeio e da aveia é usada uma farinha especial feita de matzá, o pão ázimo. A história conta que com a pressa da saída, esse era o tipo de alimento possível de preparar.
Em lembrança a este alimento, durante o Pessach a casa é limpa de todos os alimentos feitos a base de fermento, chamados de chamêts.

Nenhum comentário:

Postar um comentário