Páginas

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Voluntária ensina artesanato para mães de bebês internados na UTI Neonatal da Santa Casa

foto - A artesã Solange Valle tem mais de 30 anos de experiência
 
A voluntária Solange Valle ensina artesanato para mães de bebês internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal da Santa Casa de Misericórdia de Marília, todas as quartas-feiras, das 9h às 11h30.
A atividade é importante para que as mães de crianças internadas no hospital possam aprender algumas técnicas artesanais e utilizá-las como passatempo ou até mesmo garantir renda extra à família. "Fazemos diversos artigos com materiais doados", enfatizou a artesã, com mais de 30 anos de experiência.
Em dezembro, após doação de lã, foram confeccionados casaquinhos e toucas para as crianças. "Agora recebemos caixinhas e feltro para criar novos artigos. Também fazemos toalhinhas para as crianças com temas de bichinhos. O artesanato feito pelas mães são levados para casa por elas", salientou Valle.
Entre outros itens, a oficina de artesanato instalada na Sala das Mães da UTI Neonatal produz decorações em caixinhas de MDF, que podem servir de porta-treco e porta-joias; baldinhos de metal para enfeites; porta-guardanapos com temas infantis (elefantinho, cavalinho e leãozinho); e toalhas enroladas em réplica de cone de casquinha de sorvete.   
Lembrancinhas de aniversários infantis também são feitas pela artesã. "Depende da demanda existente, o que pede a comemoração. Usamos a criatividade", disse Valle.
Sentindo na pele
A artesã contou como surgiu a iniciativa de se tornar voluntária da UTI Neonatal da Santa Casa. "Já passei por esta situação de ter a filha internada no hospital e sei que não é fácil. Ajuda muito ter uma distração, pessoas para conversar", contou.
Segundo Valle, casos de mães que ficam em depressão por terem de ficar um longo período no hospital com seus filhos já foram vistos por ela e a atividade com artesanato pode servir como uma terapia. "Tive esta ideia e conversei com a Santa Casa para proporcionar umas horinhas mais tranquilas com as mães. O bom é que elas aprendem a fazer os artigos e podem ajudar nas despesas de casa. Não que seja possível ganhar muito com isso, mas de alguma forma é gratificante saber que estou ajudando psicologicamente e até mesmo para a conquista de uma renda extra".
Fonte: Assessoria de Imprensa - www.santacasamarilia.com.br  

Nenhum comentário:

Postar um comentário