Páginas

sábado, 5 de novembro de 2016

Tony Ramos é homenageado no Persona em Foco

Tony Ramos relembra os principais momentos de sua trajetória no Persona em Foco desta terça-feira (8/11). O programa inédito, que conta com as participações da atriz Etty Fraser e do autor e diretor Paulo Figueiredo como entrevistadores, vai ao ar às 23h30, com apresentação de Atílio Bari.

Tony construiu uma sólida carreira, reconhecida tanto pelos colegas de profissão como pelos muitos prêmios que recebeu ao longo da vida. Admirado pelo público e com trabalhos realizados no teatro, cinema e televisão, ele recorda momentos pontuais da infância marcada pela presença de suas duas educadoras, a mãe e a avó, que tiveram papeis fundamentais em sua aprendizagem.

Nascido no Paraná, veio para o interior de São Paulo muito cedo. Desde pequeno começou a imitar Oscarito, ator hispano-brasileiro considerado um dos mais populares cômicos do país. Foi nessa época que começou, prematuramente, a se encantar pelo cinema. Sua mãe sempre o incentivou a ler muito, e a cada novo livro, se apaixonava mais por esse universo.

Durante a atração, ele também fala sobre seu grande amor, com quem está casado há 47 anos. Tony Ramos casou-se aos 21 anos e, aos 23, já tinha filhos. Com o baixo salário que recebia na época, ele comenta as dificuldades que enfrentou ao longo do período para conseguir dar conta de sustentar a família.

Dentre suas experiências, o artista traz à tona os momentos mais marcantes de seu percurso profissional. Tony conta a história do Teleteatro ao vivo que produziu para a TV Cultura, em comemoração aos 35 anos da televisão brasileira, no ano de 1985. Outros exemplos que ele cita são as peças Quadros da Vida, sobre a intolerância política; O Trabalho da Banda, sobre variedade de gêneros; Um Grito de Liberdade; e Absurda Pessoa.


A edição também traz depoimentos de grandes nomes para homenageá-lo, como Juca de Oliveira, Maria Eugênia Di Domenico, Walderez de Barros, Renato Borghi, Denis Carvalho, Lauro Cesar Muniz, Silvio de Abreu, Miriam Mehler, Regina Braga e Glória Pires. No fim do programa, o ator deixa uma mensagem: "Tempo de delicadeza é entender que a elegância deveria voltar a acontecer. O ‘por favor’, o ‘muito obrigado’, o ‘queira me desculpar’, o ‘gosto muito de você’. A delicadeza está nisto tudo e mais um pouco".

foto/jairmagri/divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário