Páginas

sábado, 29 de outubro de 2016

Unidade III Jales é certificada junto ao SUS e recebe R$ 8 milhões do Ministério da Saúde


 
Nesta segunda-feira, 24 de outubro, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, esteve no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo (SP), quando assinou as portarias de habilitação dos serviços e destinação dos recursos de 40 entidades filantrópicas, incluindo hospitais e santas casas, no valor anual de R$ 48,2 milhões.

"A liberação é um cumprimento da obrigação de cofinanciamento do SUS que o Governo Federal deve ter com todos os prestadores de serviços do país", e explicou o ministro Ricardo Barros que "neste mês de outubro, os municípios e os serviços já receberão a primeira parcela destes recursos, que são permanentes".

A Fundação Pio XII, mantenedora do Hospital de Câncer de Barretos vai receber R$ 11.730.009,00 que serão destinados para serviços nas unidades de Barretos, Jales e Fernandópolis.

Para Barretos estão sendo destinados R$ 3.693.658,80 para serviços de obesidade. A Unidade III Jales do Hospital de Câncer de Barretos, receberá a recursos na ordem de R$ 8.017.134,26 para serviços de oncologia. Já a Unidade de Fernandópolis receberá R$ 19.216,92, sendo que R$ 5.277,72 será para serviços de referência para diagnóstico e tratamento de lesões precusoras do câncer do colo de útero e R$ 13.939,20 para diagnóstico de câncer de mama. Único de Saúde (SUS).

"Foi uma alegria receber o ministro. Ele assinou importantes convênios de credenciamento com prefeituras do Estado. São convênios extremamente importantes", declarou Alckmin

Os repasses foram anunciados há um mês pelo ministro e o presidente Michel Temer, como estratégia para reduzir o déficit de R$ 3,5 bilhões com 2.698 serviços, acumulado pelo Ministério da Saúde nos últimos anos. (fotos Alexandre Carvalho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário