Páginas

sábado, 17 de setembro de 2016

Hospital de Câncer garante recursos federais a pedido de Edinho e Baleia

Edinho Araújo e Baleia Rossi em audiência
com o ministro Ricardo Barros



Por solicitação dos deputados Baleia Rossi e Edinho Araújo (ambos do PMDB de São Paulo), o presidente Michel Temer anunciou nesta quarta-feira, 14 de setembro, o repasse de mais R$ 8 milhões anuais para unidades do Hospital do Câncer de Barretos - instituição renomada que atende diariamente a milhares de pessoas de todo o País.

A partir de agora, as unidades do Hospital de Câncer - Unidade III Jales e de Fernandópolis, poderão receber recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) por serviços prestados à população. Além disso, o hospital em Barretos também ganhará mais recursos para realização de cirurgias bariátrica.

Essas unidades não tinham credenciamento junto ao SUS e, por isso, não podiam receber recursos da União. Apesar das enormes restrições financeiras do governo federal por causa da crise econômica, o presidente Michel Temer e o ministro da Saúde, Ricardo Barros, conseguiram viabilizar os recursos às unidades nos três municípios.

"Nosso compromisso é assegurar mais recursos a serem aplicados numa gestão mais eficiente. E assegurar uma gestão mais eficiente que gerará mais recursos. Um ciclo virtuoso que une a responsabilidade no uso de bens públicos e uma saúde pública com maior qualidade", afirmou Temer, durante discurso.

O ministro Ricardo Barros fez questão de exaltar a função social das entidades filantrópicas como o Hospital de Câncer de Barretos. "Assinar esse credenciamento é reconhecer o papel fundamental que as entidades filantrópicas exercem para a população", afirmou Barros, por meio de sua assessoria.

Em junho deste ano, o presidente do Hospital de Câncer, Henrique Prata, teve audiências com Temer e Barros para solicitar celeridade no credenciamento das unidades estavam com uma demanda alta de atendimentos à população. "O governo se sensibilizou. Agora poderemos garantir o funcionamento das unidades e continuar atendendo a população", disse Prata.

Em 5 de julho, os deputados federais Edinho Araújo e Baleia Rossi, designados pelo presidente da República interino Michel Temer, para tratar no Ministério da Saúde do credenciamento do Hospital de Câncer de Barretos Unidade III Jales e da Unidade de Fernandópolis junto ao Sistema Único de Saúde (SUS) foram recebidos em audiência pelo ministro Ricardo Barros, da Saúde quando discutiram o assunto.

Líder do PMDB na Câmara, o deputado Baleia Rossi (SP) comemorou o anúncio feito hoje. "O presidente sempre demonstrou todo interesse em resolver a situação", disse Baleia. "O Hospital do Câncer sempre merece nossa atenção, pois presta enorme serviço à população", completou o líder.

Mantido pela Fundação Pio XII desde 1967, o Hospital de Câncer sobrevive graças a doações de empresas e pessoas físicas. Segundo presidente Henrique Prata, o hospital investe por ano R$ 480 milhões. Desse total, o SUS colabora com R$ 207 milhões. Agora, esses recursos serão ampliados graças ao anúncio feito hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário