Páginas

sábado, 13 de agosto de 2016

Democracia e caridade social

Pe Antônio de Jesus Sardinha

Candidatura única para prefeito em Jales!?! O que está acontecendo com a Democracia? Trata-se de "união por Jales"? O exercício da política eleitoral não está gerando lideranças novas? Será sinal de que o país precisa de uma Reforma Eleitoral consistente? Ou é mesmo para acabar com as eleições? De outro lado, são cinco chapas de Vereadores, com 96 candidatos e candidatas para as 10 vagas. Quantos são candidatos pela primeira vez? Será uma geração de novas lideranças?

A política partidária não está conseguindo organizar-se de forma a ter presente em suas fileiras representantes dos diversos segmentos da sociedade. Consequentemente o eleitor não encontra jeito de escolher alguém que possa estar lutando por seus interesses. Daí vai o desinteresse pelas eleições. Tem sido cerca de 30% os que se ausentam das eleições. Quem se preocupa com isso?

"... apoio aos cristãos leigos e leigas para que atuem nos movimentos sociais, conselhos de políticas públicas, associações de moradores, sindicatos, partidos políticos e outras entidades, sempre iluminados pelo Ensino Social da Igreja".(CNBB, Doc. 102, n 68).


Em tempos de céu nublado, ventanias, surgem brotos de esperança, qual uma parreira de uva podada, assim o Fórum da Cidadania, formado por 16 entidades, promovendo um encontro, reunindo membros dos partidos políticos, pré-candidatos a prefeito e vereadores, firmando um termo de compromisso, em forma de carta, contendo as principais reivindicações da comunidade, para serem cumpridas pelos candidatos. Um clamor de conduta pela Ética, de maior transparência com a coisa pública, seja na campanha eleitoral, seja no exercício público, se eleitos. Para isto, o destaque da importância de a população estar vigilante. O Fórum também alertou contra o Caixa 2, sinal de corrupção, conclamando a população para a cidadania, fiscalizando e denunciando.

Outro gesto de grandeza da cidade está sendo o envolvimento dos profissionais que atuam na área social em vista do Edital n 10/2016, sobre Políticas Públicas para crianças e adolescentes. Psicólogos, Assistentes Sociais, Educadores, Advogados, Delegados, Polícia Federal, Militar, Civil, Saúde, Monitores de diversos Projetos, entre tantos outros, enfim toda a rede social, reuniram-se diversas vezes, realizando um Diagnóstico Social da cidade. "...a política é uma sublime vocação, é uma das formas mais preciosas da caridade, porque busca o bem comum". (EG 205).
Embora seja candidatura única para prefeito, convém que haja a preocupação em apresentar para a população o seu Plano de Governo, e que aí contemple essa necessidade constatada por esses profissionais. Essa população que vive essa vulnerabilidade merece o cuidado, como a mulher cananéia da bíblia, que clamou e foi atendida por Jesus. "Senhor, socorre-me. Jesus lhe disse: Mulher, grande é a tua fé! Seja feito como tu queres! E sua filha ficou curada". (Mt.15,21-28).

Cito as palavras do Papa Francisco: "Se alguém se sentir ofendido com as minhas palavras, saiba que as exprimo com estima e com a melhor das intenções... A minha palavra não é a de um inimigo nem a de um opositor. A mim interessa apenas procurar que aqueles que vivem escravizados por uma mentalidade individualista, indiferente e egoísta, possam libertar-se dessas cadeias indignas e alcancem um estilo de vida e de pensamento mais humano, mais nobre, mais fecundo, que dignifique a sua passagem por esta terra". (EG 208) *Pe Antônio de Jesus Sardinha Vigário Geral da Diocese de Jales - Assistente Social e Psicopedagogo

Nenhum comentário:

Postar um comentário