Páginas

sábado, 6 de agosto de 2016

A Psicanálise e a Saúde do Trabalhador

Flávio Rodrigo Masson Carvalho

 
O ser humano Ausente de traumas, medos e depressão será mais saudável, terá mais vontade de viver, de se relacionar e trabalhará de forma inteligente utilizando todo o seu potencial antes recalcado pelo desconhecido (inconsciente).
Com gente saudável e feliz as empresas consequentemente se transformarão em organizações saudáveis e muito mais lucrativas, e assim, exercitando também a sua Responsabilidade Social perante seu público interno.
a) – Aperfeiçoamento pessoal
b) – Solução de pendências, conflitos, obstáculos, bloqueios, medos, inibição e outros fenômenos impeditivos
c) – Desenvolvimento da mente criativa (lado direito do cérebro).
A psicanálise trabalha sobre duas possibilidades: a primeira é o tratamento especializado, retirando a pessoa daquele negativismo, daquela raiva, ódio e de todas essas emoções que impedem de avançar.
Através da escuta psicanalítica e vivências práticas, modificam-se os bloqueios, traumas e medos que impedem a livre expressão de suas potencialidades.
A pessoa pode até ter excelentes condições intelectuais, mas essa condição emocional vai interferir, impedindo que ela chegue ao nível de satisfação consigo mesma, em seu trabalho, com seus colegas e superiores. A outra possibilidade é no sentido da prevenção, através de cursos teóricos (stress, qualidade de vida, relaxamento, motivação) passando informações básicas para as pessoas no sentido de dar uma melhor qualidade de vida, aumentando a capacidade de rendimento no trabalho profissional.
Informa, orienta, tira dúvidas e sinaliza para as pessoas qual seria o melhor caminho a seguir no seu mundo emocional. A "saúde" do trabalhador está vinculada ao resultado de seu histórico de vida, de seus processos psíquicos, das vivências em família, do que ficou gravado em seu inconsciente, das relações interpessoais, do convívio em sociedade e de uma proposta de trabalho que coincida com seus sonhos, suas aspirações para construção do seu projeto de vida.
Viagem ao mundo interior: corpo, mente, emoções, estado de espírito, ação, reação, posicionamento.
Problemas, preocupações, barreiras, dificuldades, inconformismos, sinfonias inacabadas ao longo da vida e como lidar com eles.
Conhecendo melhor a si mesmo e aos outros. Porque os conflitos se estabelecem e nos fazem tanto mal e como nos libertar deles.
Harmonização interior: eliminando os bloqueios e impedimentos;
Harmonização de relacionamentos: com você mesmo, com as outras pessoas, com a família, relações afetivas e amorosas.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário