Páginas

sábado, 21 de maio de 2016

Univesp abre inscrições para o curso de engenharia em Jales

As inscrições para o 2º vestibular da Univesp – a Universidade Virtual do Estado de São Paulo começam na segunda-feira, dia 23 de maio. "A Univesp é a quarta universidade estadual pública do nosso Estado, ao lado da USP, da Unicamp e da Unesp. Segue o mesmo padrão de excelência, num modelo novo de ensino que está crescendo no mundo todo. Os cursos são oferecidos na modalidade semipresencial, com uso intensivo das tecnologias de comunicação e informação", afirmou o governador Geraldo Alckmin.

O aluno não vai todos os dias à escola. Na maior parte do tempo, ele estuda onde quiser, no horário mais conveniente, porque tem acesso a todo o conteúdo e às atividades pelo computador. A cada quinze dias, cada turma tem uma aula de quatro horas num polo de ensino, com professores-mediadores. Lá os estudantes recebem orientação, fazem trabalhos de grupo e as provas.

Neste vestibular, estão sendo oferecidas 918 vagas novas para dois cursos: Engenharia da Computação e Engenharia de Produção. As vagas estão distribuídas por 17 polos de ensino em 16 municípios.

Em Jales, são 36 vagas abertas para Engenharia de Computação. As inscrições vão até 13 de junho e devem ser feitas no site www.univesp.com.br. A prova é no dia 26 de junho e as aulas começam em agosto.

As primeiras turmas de engenharia pela Univesp já estão concluindo o segundo ano do curso, assim como as turmas de licenciatura de matemática, física, química e biologia. São mais de 2.400 alunos que estudam pelo computador e frequentam 42 polos de ensino em 24 cidades. Quando se formarem, vão ter mercado de trabalho garantido. O Brasil tem hoje um déficit anual de 20 mil engenheiros por ano. E a maior demanda nas escolas, hoje, é justamente por professores de matemática e ciências.

"A Univesp segue a filosofia vitoriosa do ensino técnico e tecnológico que nós ministramos nas Etecs e Fatecs. Ela é um marco na expansão da oferta de ensino universitário público e gratuito de qualidade no Estado de São Paulo e atende estudantes em todas as regiões, inclusive porque não é preciso morar na cidade que tem o polo de ensino para fazer o curso", explicou Geraldo Alckmin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário