Páginas

sábado, 14 de maio de 2016

Relacionamentos

*Flávio Carvalho

 
Quais são as atitudes que você espera de outro ser humano enquanto se relacionam? Pode ser um relacionamento amoroso, de amizade profissional, enfim, o que você espera do outro? É o mesmo que você pratica? O que os outros esperam de você?

Você já sorriu para alguém hoje? Qual foi seu último momento de inspiração? A inspiração muda tudo.

Qual a atmosfera reinante no seu lar? Reina a paz e a serenidade? Seu lar é isento de brigas, ofensas e mágoas?

Você está beijando na boca de sua esposa? Faz amor com ela constantemente?

E no trabalho? Sê dá bem com o chefe? E com os colegas de trabalho? Você gosta de fofocar? Você deseja a posição do outro?

As crianças te irritam? Você tem paciência com os idosos?

E no transito? Você é calmo? Paciente? Respeita as sinalizações?

Precisamos aprender a respirar e contar. Contar até dez, até mil... Precisamos aprender a buscar o ar quando estamos sufocados. Precisamos achar o equilíbrio, quando estamos estonteados de tanta raiva.

Precisamos compreender nossa pequenez. Nada somos, e nosso futuro é virar pó, apodrecermos sob sete palmos de terra.

Você está precisando ser perdoado por alguém? Então, você tem que pedir perdão. Precisa perdoar alguém? Perdoe, mesmo se ele não te pedir. Perdoe, e serás perdoado. Perdoar, nos deixa leve, produz uma imensa sensação de paz, harmonia.

Você já se perdoou? Ou ainda continua se maltratando? Está se punindo? Sendo corroído pela culpa, que nos devora aos poucos, de maneira implacável e dolorosa.

Está freqüentando a igreja, com intenção de redimir os pecados? Pratica a caridade com o intento de apaziguar a dor do remorso?

Qual o padrão dos seus pensamentos? Quer se vingar de alguém? Vingança é a maior indústria de veneno, e você beberá todinho, sozinho.

Qual a energia que você está recebendo das pessoas? È a mesma que está oferecendo.

Saia da sua zona de conforto. Se arrisque mais. Finja mais sorrisos. Cante mais. Se trate melhor. Vá tomar um sorvete. Vá andar de mãos dadas com a esposa na praça. Vá brincar de pique esconde com as crianças, aproveite para afastá-las um pouco do vídeo game, ou do celular.

Aprenda a contar piadas. E ria delas. Ria sozinho, mas ria muito mesmo. Vá assistir a um filme romântico, e chore nos momentos tristes e emocionantes. Mas chore mesmo, de soluçar, sem vergonha.

Aprenda a dizer obrigado, por favor, bom dia, boa noite. E abuse nos agradecimentos. Agradeça a tudo e a todos, a todo instante. Pare de pedir tudo à Deus, agradeça-O mais. Também não precisa pedir perdão, não para Ele, pois já está perdoado.

Se ame mais. Diga que se ama assim que acordar, e repita isso várias vezes ao dia. Diga para as pessoas que te cercam que você as ama.

Pare de pensar no passado. Vislumbre um futuro melhor, cheio de bons acontecimentos. Jogue na mega sena toda semana, vai que você ganha. E se ganhar, divida. Não precisa nem ganhar na mega sena para dividir. Senão tem dinheiro sobrando para doar, doe seu tempo, doe alegria, doe esperança, e jamais perca a sua.

Como disse o poeta: "Viver e não ter a vergonha de ser feliz". E se feliz você for, se estiver contente consigo mesmo, você com certeza dominará a difícil arte do relacionamento interpessoal.

*Flávio Rodrigo Masson Carvalho
equilibriumtc@hotmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário