Páginas

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Deputado Carlão Pignatari conquista dois veículos para Fernandópolis


 

Prefeita Ana Bim assinou convênio de R$ 70 mil 
na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) conquistou a liberação de R$ 70 mil para a Prefeitura de Fernandópolis. Os recursos serão destinados à aquisição de dois veículos para a Secretaria de Bem Estar Social do município. Os R$ 70 mil fazem parte de uma emenda parlamentar apresentada por Carlão em benefício de Fernandópolis.

O convênio foi assinado nesta segunda-feira (30/05), na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, entre a prefeita Ana Bim e o secretário Floriano Pesaro. 

Os recursos foram autorizados no dia 25, em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, pelo governador Geraldo Alckmin e pelo secretário Floriano Pesaro. Diversos municípios (52) também foram contemplados com recursos estaduais. Ao todo foram liberados R$ 4 milhões para a execução de obras de infraestrutura, iluminação pública e aquisição de máquinas e equipamentos.

Alckmin destacou que os recursos da Secretaria de Desenvolvimento Social vão beneficiar crianças, idosos e pessoas com deficiência, entre outros públicos, repassados para inúmeras prefeituras e entidades aprovadas pelo Estado.

"O nosso compromisso é fazer tudo o que for possível para atender às famílias que vivem em situação de risco social. A ideia é estreitar cada vez mais para intensificar as atividades sociais, principalmente na capacitação e formação integral das famílias criando autonomia e mais oportunidades no campo pessoal e profissional", disse o secretário Floriano. 

Para o deputado Carlão, o repasse de recurso garante a melhoria do atendimento à população vulnerável. "O Governo do Estado tenta, com isto, ajudar mais pessoas carentes, melhorando a rede socioassistencial de todos os municípios paulistas. O dinheiro desses convênios será usado principalmente para compra de equipamentos, veículos e melhorias nos locais onde são oferecidos os serviços", afirmou o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário