Páginas

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Klínica da Alegria faz visitas aos pacientes da Santa Casa de Marília há 11 anos

 
Klínica da Alegria conta com mais de 90 componentes
Com o slogan "Alegria por missão, amor por decisão", os integrantes da Klínica da Alegria fazem visitas aos pacientes da Santa Casa de Misericórdia de Marília há 11 anos. O projeto atualmente conta com mais de 90 componentes, que através de sistema de revezamento marcam presença no hospital no primeiro e no terceiro domingo de cada mês, às 10h e às 14h, respectivamente.
A engenheira Verona Marinho Ferreira, a Dra. Gasosa, enfatizou que o grupo procura extrair o melhor do momento do paciente. "Quando entramos no quarto pedimos licença. Se o paciente disser que não quer, nós respeitamos. Mas na maioria dos casos conseguimos proporcionar descontração com brincadeiras e muito bom humor. É muito gratificante".
O "remedinho" fornecido pelos integrantes da Klínica da Alegria durante a "consulta" aos pacientes são brinquedos e por incrível que pareça, pessoas de diferentes faixas etárias curtem bastante os presentes, não ficando tal reação restrita às crianças. "Já entreguei boneca para uma senhora e ela se desmanchou de chorar. Conversando com ela, fiquei sabendo que foi o primeiro presente que havia ganhado na vida", contou a analista de logística Grace Kelly Donato, a Dra. Pimpolha.
Ao final de cada visita no hospital, é realizada reunião em que cada um conta a sua experiência. Trata-se de um momento de compartilhar o que foi vivenciado e uma espécie de terapia em grupo para externar sentimentos e emoções vividas durante o contato com os pacientes.
De acordo com a coordenação do projeto, há algum tempo estuda-se o efeito das ações de humanização dentro dos hospitais e os resultados, apesar de intangíveis, são significativos especialmente em relação ao tempo de recuperação dos pacientes. "Sentimos um pouco desse resultado quando, por exemplo, recebemos mensagens de acompanhantes informando a melhora da pessoa visitada, fotos de pacientes com grandes sorrisos e também quando temos o prazer de receber em nossa equipe uma pessoa que nos conheceu num leito de hospital".
Os membros da Klínica da Alegria arrecadam os brinquedos através de parcerias com lojas de 1,99. "Ficamos na porta da loja e pedimos a doação das pessoas. Os estabelecimentos comerciais também acabam nos ajudando, pois atraímos muita gente para comprar brinquedos para serem entregues na Santa Casa", contou a Dra. Pimpolha.
Ainda sem uma sede própria, a Klínica de Alegria reivindica junto ao Poder Público Municipal o título de utilidade pública para poder conseguir apoio e firmar parcerias.
Anualmente, é realizado um processo de seleção para que novos integrantes passem a compor o grupo. Cinquenta e quatro pessoas estão participando de processo de formação, dividido em três módulos e dois estágios em que os aspirantes ao projeto já acompanham inclusive as visitas. Ao final da capacitação, certificados são entregues.
As alas de Internação, a Pediatria, a Oncologia e a UTQ (Unidade de Terapia de Queimados) da Santa Casa de Marília são visitados pela Klínica da Alegria.
Os interessados em doar brinquedos para o projeto podem entrar em contato com o grupo através do e-mail: contato@klinicadaalegria.com.br, Facebook (Klínica da Alegria), Instagram (klinicadaalegria) e Twitter (klinicaalegria). O site é o http://www.klinicadaalegria.com.br.    Fonte: Assessoria de Imprensa - www.santacasamarilia.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário