Páginas

sábado, 15 de julho de 2017

Santa Casa recebe doações de polvos de crochê de Piracicaba


O projeto dos polvos de crochê na Uti Neonatal da Santa Casa se propagou por todo país por meio de um site realizado por uma ONG chamada prematuridade.com, no qual o hospital cadastrou para receber doações.

A Santa Casa recebeu dez polvos do grupo das Artesãs do Amor de Piracicaba (foto). De acordo com a Fátima Possebon Carda, uma das idealizadoras desse projeto, o interesse em contribuir com as instituições de saúde surgiu de uma matéria divulgada em uma emissora de tevê, dessa forma despertou o interesse em saber mais sobre o assunto.

"O primeiro polvinho que fiz foi por meio de um vídeo na internet, postei no meu facebook e outras amigas se interessaram. Desse modo teve início a minha jornada, comecei a fazer os polvos para doar aos hospitais. Convidei algumas amigas e formamos o grupo Artesãs do Amor que abraçaram a causa. Começamos a confeccionar com a doação de linhas de outras pessoas. Assim, resolvi ajudar a Santa Casa de Jales, ao ver no site que estavam precisando de doações’, revelou Fátima.

De acordo com o provedor, Junior Ferreira, ações como essa mostram o trabalho importante que o hospital vem desenvolvendo. "Os bebês levam o polvo para casa, por isso as doações são essenciais para dar sequência nesse projeto, que leva conforto, segurança e carinho aos bebês prematuros".

AONG prematuridade.com foi a primeira no Brasil a fortalecer essa metodologia alinhado com a Dinamarca. No site encontra-se passo a passo da fabricação do polvo entre outras informações. Todo o material é feito com linha de crochê 100% algodão, manta siliconada, antialérgica, sendo os olhos e bocas costuradas.

A equipe de voluntárias realiza cerca de 30 polvos por semana e já fizeram doações para hospitais em Rio Claro, Sorocaba, Bragança Paulista, entre outros. Os interessados em doar polvos de crochê para a Santa Casa de Jales podem entrar em contato com a Ouvidoria pelo telefone (17) 3622-5000 ramal 5115.

Nenhum comentário:

Postar um comentário