Páginas

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Rolando Boldrin, o Sr. Brasil, ganha biografia aos 80 anos

Grande contador de causos do país, artista repassa sua vida em livro da Contexto escrito por Willian Corrêa e Ricardo Taira
 
 

Cantor, compositor, apresentador, ator (de teatro, televisão e cinema), pesquisador da cultura popular brasileira... e contador de causos. Rolando Boldrin tem 80 anos de idade e 58 anos de carreira, rica e intensamente vividos em diversas formas artísticas. Agora, coloca tudo no papel com a biografia “A História de Rolando Boldrin – Sr. Brasil”, da editora Contexto, escrita pelos jornalistas Willian Corrêa e Ricardo Taira.
São 224 páginas recheadas de histórias, fotografias, lembranças das dificuldades e conquistas, além da disposição de mergulhar em novas possibilidades de trabalho e, assim, abrir caminhos para a cultura brasileira. Estão lá passagens com os mais variados artistas nacionais, da TV, da música, do cinema, do teatro. Nomes como Irene Ravache, Gilberto Gil, Armando Bogus, Hebe Camargo, Moreira da Silva... são tantos que passaram pela vida de Boldrin.
A campanha “Diretas Já”, nos anos 80, que teve o artista literalmente vestindo a camisa, se une aos demais momentos marcantes de sua trajetória. Ah, e os amigos... muitos, como Dito Preto, desde a infância, que rende causos até hoje a Boldrin.
Bem-humorado, o biografado revela que “topou direto” contar a sua vida ao receber o convite dos jornalistas Corrêa e Taira, já conhecidos da TV Cultura, onde hoje Boldrin apresenta o programa Sr. Brasil. A partir do acerto, fizeram “um punhado de sessões” em que ele tratou de falar. “Um livro é pouco”, brinca Boldrin.
A infância em São Joaquim da Barra (interior de São Paulo), o início da carreira como “ator extra” na TV Tupi e a consagração como um dos maiores nomes da cultura brasileira: recheada de fotos, a obra “A História de Rolando Boldrin – Sr. Brasil” traz, assim, o perfil de um dos artistas mais importantes do país. E como não destacar seu trabalho como apresentador/condutor da atração?  É difícil até de contar quantos talentos musicais ganharam projeção nacional a partir dos programas comandados por ele nas diversas emissoras de TV.
 
 
Autores: Willian Corrêa é jornalista, com passagens em emissoras de rádio e televisão como Globo, Alterosa (SBT), Record, Band, Rede Minas, Rádio Itatiaia. Atualmente, é diretor de jornalismo da TV Cultura e âncora do Jornal da Cultura.
 
Ricardo Taira é jornalista e passou pelas principais redações de emissoras de TV do país, tendo também atuado na TVE da Espanha na década de 1980. Hoje exerce a função de editor-chefe do Jornal da Cultura.
 
 
Editora Contexto: Idealizada pelo historiador Jaime Pinsky e especializada em ciências humanas, a Editora Contexto está presente há 30 anos no mercado editorial brasileiro, publicando obras voltadas para a universidade e para o público geral. Mais informações no portal www.editoracontexto.com.br.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário