Páginas

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Novo embaixador de Israel completa um mês no Brasil e recebe lideranças evangélicas

deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) e a apóstola Valnice Milhomens Coelho, representando o Conselho Apostólico Brasileiro, reuniram-se, ontem (6), com o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Sheli. O objetivo do encontro, articulado pelo deputado, que é pastor da igreja O Brasil Para Cristo, foi dar as boas vindas ao embaixador, que chegou recentemente ao Brasil, e manifestar o desejo de aprofundar o diálogo entre Israel, através da embaixada, com a comunidade evangélica brasileira, que nutre um grande respeito e vínculo fraterno com a nação Judaica. A reunião ocorreu na Embaixada de Israel, em Brasília.

Crédito da foto: divulgação
O parlamentar fez questão de lembrar que 50 milhões de brasileiros ( ¼ da população) são evangélicos que possuem forte vínculo espiritual com Israel. “São pessoas que amam Israel, que oram por Israel e acompanham com muito interesse todos os fatos de Israel. Além disso, temos a compreensão de que nosso sentimento é compartilhado pela grande maioria dos cristãos nacionais”, afirmou.
Roberto de Lucena tem articulado reuniões entre o Conselho e o Ministério das Relações Exteriores para pedir mais equilíbrio nas decisões sobre Israel na UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). “Israel é a segunda pátria de cada cristão. Em função disso, em novembro do ano passado, nos reunimos com o então ministro das Relações Exteriores, José Serra, e nesta semana, como o atual chanceler Aloysio Nunes para pedir que o Brasil mantenha seu esforço para melhorar as resoluções da UNESCO no sentido de trazer mais equilíbrio, imparcialidade e justiça nas causas que envolvem Israel”, comentou o parlamentar.
“Fico muito feliz com a visita e com as manifestações de apoio”, disse Yossi Sheli, que foi designado pelo primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu e já completa um mês no País. O embaixador afirmou ainda ter interesse em transferir ao Brasil o conhecimento tecnológico de captação e reaproveitamento de água desenvolvido por Israel.
Ao se dirigir a Sheli, Valnice Coelho demonstrou seu apreço pela atitude de Roberto de Lucena, que promoveu a oportunidade de participar deste encontro e também dos outros articulados por ele no Ministério das Relações Exteriores. “Nós estávamos muito tristes com a postura adotada pelo governo Dilma diante de Israel. Mas, felizmente, o atual governo vem se esforçando para buscar avanços e o próprio ministro Aloysio Nunes reconheceu que as nossas manifestações têm ajudado a mudar a postura do Brasil”, ressaltou a apóstola. “Estou feliz da vida por estar aqui. Quero que saiba que nós daremos todo o suporte necessário a Israel”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário