Páginas

sábado, 3 de dezembro de 2016

Mutirão da Cidadania promovido pelo MPFem Jales realiza mais de 1,8 mil atendimentos

O Mutirão Jales pela Cidadania, promovido pelo Ministério Público Federal em Jales (SP), realizou 1880 atendimentos entre os dias 21 e 25 de novembro. Mais de 900 pessoas aproveitaram o evento para tirar documentos e certidões, parcelar e negociar a quitação de contas de luz e água em atraso, realizar testes rápidos de HIV e sífilis e exames de prevenção ao câncer de pele, aferição de pressão arterial e glicemia, entre muitos outros serviços.

O evento contou com a participação de diversas instituições como INSS, Procon, Detran, Receita Federal, Polícia Civil, Prefeitura de Jales, OAB, Justiça Federal e Santa Casa. O MPF esteve presente com o Ônibus da Cidadania, veículo adaptado utilizado para atendimento ao público em mutirões no estado de São Paulo. A equipe recebeu denúncias e prestou orientações à população.

Entre os outros serviços oferecidos, estão a expedição de Cartão Nacional do SUS, esclarecimentos e pedidos de Bolsa-Família, informações sobre seguro-desemprego, agendamento de serviços do INSS e explicações quanto aos benefícios previdenciários, dados sobre veículos e carteiras de habilitação, orientações a cerca dos direitos do consumidor e recebimento de queixas. Houve ainda doação de mudas para plantio nas calçadas. Na terça-feira, 22 de novembro, o Hemocentro de Fernandópolis também realizou cadastro de doadores de medula óssea.

O Projeto - O Mutirão da Cidadania foi criado em 2009 pelo MPF em São Paulo com o objetivo de prestar serviços públicos de qualidade à população e buscar soluções extrajudiciais para os problemas de determinada comunidade ou cidade, desenvolvendo nos habitantes o sentimento de pertencimento. O projeto surgiu em Marília, no interior paulista, e já passou por Bauru, Capivari, Garça, Itanhaém, Mombuca, Osasco, Pompeia, Ribeirão Preto e São Paulo. Até este ano, foram realizadas mais de 40 edições, com mais de 200 mil atendimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário