Páginas

sábado, 4 de junho de 2016

FOLHAGERAL

Chega o ano


eleitoral e todos correm atrás de projetos adormecidos para mostrar serviços ao eleitor. Em São Carlos, junto ao reitor Targino de Araújo, uma comitiva renovou o pedido da instalação em Jales de um campus da UFSCAR e do IFSP - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. Prefeito Callado, Luis Especiato, Pérola Cardoso e Nilton Marques, estiveram com Targino de Araújo

Quarta-feira


(01 de junho), assumiu a provedoria da Santa Casa de Jales o jovem empresário Sebastião Júnior Ferreira, vice-provedor da entidade, em substituição ao provedor titular José Devanir Rodrigues (Garça). Uma coincidência: ambos são filiados ao PMDB.

Claro que


os dois ilustres voluntários da Santa Casa não escondem o motivo da substituição na provedoria. Júnior Ferreira fica sem poder concorrer a cargos eletivos no pleito de outubro. Garça fica livre para entrar na disputa. Ou seja, mesmo sem declarar, Garça fica na posição de potencial pré-candidato a prefeito ou mais uma vez vice.

Pelo jeito,


os peemedebistas jalesenses estão dispostos a enfrentar as dificuldades e despesas de uma campanha política, que não são poucas mesmo em nível municipal. Fazer isso por paixão, não vale mais a pena. Hoje é preciso fazer com ideais, mas com os pés no chão.

Entre os


tucanos é dado como certo o nome do atual prefeito, Pedro Callado, como pré-candidato prefeito. Mas eles temem a falta de pessoal de campo durante a campanha. Existe entre eles um sentimento de abandono da parte do prefeito Callado, e atual presidente do PSDB local. Tão logo ele assumiu Executivo, se manteve distante da tucanada e daqueles que o elegeram em 2012. Manteve diálogo com os já declarados adversários para outubro.

Os tempos


bons para os políticos vão ficando para trás. Dinheiro farto nas eleições e depois delas está mais difícil. A opinião dos eleitores muda do doce para o azedo com facilidade. Mas os políticos são necessários. Senão, quem vai governar as cidades, os estados, o país?

Os analistas


políticos lá do botequim da vila dizem que o momento é propício para que os maiores partidos de Jales se organizem, sem grandes esforços, para levantar o ânimo da população local em favor da prosperidade. Ou podem ser atropelados por oportunistas.

Neste


mês de junho, segundo a legislação eleitoral, os pré-candidatos podem fazer campanha, mas intra-partidária em busca dos votos dos convencionais. Não podem usar a mídia falada, televisada e impressa. O momento é ideal para estabelecer projetos políticos.

Organizações


internacionais acham que o Brasil vai ter queda no PIB este ano de 2016, mas no ano que vem (2017) a economia brasileira vai se estabilizar (crescimento zero) ou começar a melhorar (pequeno crescimento). Atenção: não apostam em crise econômica durável.

O prefeito


de Dirce Reis, Roberto Visoná, tem bancado com recursos da Prefeitura a operação tapa buraco na vicinal Victório Prandi, que está mais do que perigosa. Quanto à ajuda da administração Callado, ele disse que a assessoria do tucano informou que no momento não é possível. Em Jales tudo está difícil. Esta vicinal liga Jales a Dirce Reis.

O deputado


estadual Carlão Pignatari (PSDB) conquistou a liberação de R$ 70 mil para a Prefeitura de Fernandópolis. Os recursos serão destinados à aquisição de dois veículos para a Secretaria de Bem Estar Social do município. Os R$ 70 mil fazem parte de uma emenda parlamentar apresentada por Carlão em benefício de Fernandópolis.

O deputado


Itamar Borges (PMDB) apresentou, novamente, emenda ao Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias ( Lei 369/2016), propondo reformar o aeródromo municipal de Jales. "A reforma deste aeroporto é uma necessidade da população, da cidade e da região. A melhoria visa também a ampliação do local", afirmou o deputado.

Sem desmerecer


o trabalho do deputado Itamar Borges em prol de Jales e região, quem o aeródromo municipal irá atender depois de passar por reforma e ampliação? Talvez a uma dúzia de pessoas, pois é sabido que quem mais busca atendimento médico em Jales usa veículo por conta própria. A emenda apresentada pelo parlamentar faria jus se acompanhada de outras emendas para áreas como saúde, educação e pavimentação.

Nesta terça-feira


(31 de maio), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo (SP), a Associação dos Pequenos Produtores Rurais Assentados Santa Rita – APRASR, de Populina SP –, assinou o Termo de Compromisso da Proposta de Negócio aprovada na sexta Chamada Pública do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável – Microbacias II – Acesso ao Mercado. Valor de R$ 528.333,02 para investimentos em fruticultura.

Quinta-feira


(02 junho), a Polícia Civil de Pernambuco saiu em campo para cumprir 11 mandados de prisão preventiva, 21 de busca domiciliar e 08 de condução coercitiva, relacionados a crimes de aplicação irregular de verbas públicas, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro. Entre os procurados, foi preso o prefeito do município de Catende (40 mil habitantes, 140 Km da capital). A polícia encontrou R$ 1 milhão em dinheiro na casa dele. E tem muito prefeito falando em falta dinheiro.

Nenhum


prefeito é bom sozinho ou ruim sozinho. O prefeito de Catende (PE), que foi preso, armou uma associação para cometer crimes. Quem agora quiser fazer o contrário, deve formar um time de gente honesta e competente, antes de virar candidato. Assim, tudo fica mais fácil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário