Páginas

quarta-feira, 4 de maio de 2016

UFSCar oferece radiografia e tratamento contra dor em casos de osteoartrite

   
Podem participar pessoas com idades entre 40 e 65 anos que não tenham sido submetidas à cirurgia e apresentem dor no joelho
O Laboratório de Plasticidade Muscular do Departamento de Fisioterapia (DFisio) da UFSCar oferece avaliação e radiografia dos joelhos para pessoas com idades entre 40 e 65 anos, que tenham Osteoartrite (artrose) em um dos joelhos, dor e desgaste na articulação e que não tenham sido submetidas a cirurgias prévias no joelho, tornozelo ou quadril. As avaliações são conduzidas pelo fisioterapeuta e aluno de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia da UFSCar Lucas Dantas, sob orientação da docente Tânia de Fátima Salvini, do DFisio.
O projeto de pesquisa de Lucas analisa tratamentos para combater as dores provocadas pela osteoartrite. "O objetivo principal desse estudo será realizar um ensaio clínico randomizado e controlado para avaliar os efeitos da aplicação da crioterapia local, com sacos de gelo, sobre a sensibilidade dolorosa, a função e a qualidade de vida em indivíduos com osteoartrite de joelho", explica o pesquisador.
Segundo Lucas, a literatura aponta que o tratamento com gelo atua na eliminação da dor e melhora a função motora e a qualidade de vida em indivíduos com osteoartrite de joelho. O pesquisador explica que, no tecido lesado, a crioterapia atua sobre o metabolismo celular e na vasoconstrição, com redução do fluxo sanguíneo, do edema tecidual, da inflamação, na formação do hematoma. Além das alterações microvasculares, a intervenção apresenta efeitos analgésicos a curto prazo e promove outras alterações, como a diminuição da condução nervosa sensitiva e motora, bem como redução do tônus muscular. "A crioterapia, mais especificamente o tratamento com gelo, além de ser um recurso muito utilizado na prática clínica para controle da dor e do quadro inflamatório, apresenta impacto substancial na área de saúde pública e é considerado um agente térmico relativamente seguro, de fácil administração tanto por profissionais de saúde quanto por indivíduos, de baixo custo e que pode ser recomendado de forma isolada ou associado a outras terapias no tratamento de lesões, processos inflamatórios articulares e dores em geral", aponta.
Após a análise da radiografia, os participantes serão submetidos a uma semana de tratamento, com avaliações no início e fim da intervenção. Após essas sessões, os participantes serão instruídos sobre formas de tratar a dor. "Buscamos analisar o efeito da crioterapia sobre o índice de dor, limiar de dor a pressão e a função física, por meio dos questionários de funcionalidade física e de atividade física", esclarece Lucas. Serão realizados testes de função física e mensurações termográficas para análise mais detalhada da temperatura do joelho com osteoartrite.
Agendamentos e mais informações podem ser obtidas pelos telefones (16) 98177-1789 e (16) 99206-9932 ou pelo email oguralod@gmail.com.



Nenhum comentário:

Postar um comentário