Páginas

sábado, 7 de maio de 2016

Quem Somos nós?

*Flávio Carvalho

Segundo Eurípedes Barsanulfo: "Somos espíritos em experiências humanas e não corpos em busca de experiências espirituais."

Somos espíritos eternos, vivendo em diferentes planetas e dimensões. Nascemos na carne para evoluirmos como espíritos. Ganhamos corpo, e com ele o desconforto das dores e sofrimentos. Mas as piores dores e sofrimentos são aqueles impressos na alma.

Somos energia pura, e vibramos em sintonia com o Cosmos. Somos muito mais que carne, ossos e células, somos a mais poderosa energia presa num corpo frágil e mortal. E este é o grande sofrimento, ser um espírito imortal vestido de um corpo débil e mortal.

Somos uma energia imensurável aprisionada numa carcaça deficiente e perecível. E conseguir o equilíbrio entre corpo e espírito é a mais difícil de todas as tarefas que nos foram delegadas.

E o Espírito é a mais perfeita obra da Criação. E o nosso corpo é o reflexo dessa perfeição, mas como reflexo, possuiu falhas, distorções, e às vezes não traduz com fidelidade a imagem verdadeira. O corpo envelhece, é perecível, vai se acabar. O Espírito é eterno, continuará sua trajetória a caminho da eternidade.

Somos Espíritos, somos a mais perfeita tradução da perfeição Divina. Somos a sublime tradução da perfeição.

O Espírito é eterno, porem simples, é somente energia, a mais pura e forte energia. Já o corpo é complexo, com seus emaranhados de células, ligamentos, ossos, órgão, etc. Uma engenharia complexa faz mover esta máquina chamada corpo humano, que nos provoca dores e prazeres imensuráveis.

A beleza não está na complexidade do corpo humano, mas na simplicidade do Espírito. O Espírito é dotado apenas de energia, a mais poderosa de todas, a centelha divina. O Espírito é a maior obra do Criador. O Espírito é a tentativa de Deus em se multiplicar, ou seja, o Espírito é o reflexo de Deus.

Somos Espíritos eternos, dotados de uma centelha divina à caminho da perfeição. E não temos outra escolha a não ser seguir esta trajetória. Mas como vamos caminhar, e quanto tempo vamos demorar para atingirmos a perfeição dependerá de cada um de nós, dependerá de nossa compreensão, de nossa evolução.

A evolução espiritual é individual, cada um tem a sua, ela é individual. O mais lindo e importante, é que só depende de nós mesmo, ou seja, temos tudo o que precisamos para evoluir até a perfeição.

O corpo precisa de alimento, de água, de cuidados, e muitas vezes de cuidados complexos, como aqueles que possuem doenças crônicas, precisam de medicamentos, etc. Já o único alimento do espírito é o AMOR.

O Espírito nasce de um ato de Amor de Deus, se desenvolve pelo Amor, e continuará a se nutrir de Amor por toda a eternidade, até chegar a angelitude, a perfeição suprema, ou seja, se transformar em Luz.

E esta Luz já nos habita, já fora implantada em todos nós com a Criação, e por isso o Mestre nos disse uma vez: "faça brilhar a tua luz".

OBS.: Do meu livro ESPIRITOANÁLISE.

*Flávio Rodrigo Masson Carvalho


equilibriumtc@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário